0

Em estreia de Lisca, Guarani encara o Náutico fora de casa

13 out 2017
20h02
atualizado em 14/10/2017 às 11h41
  • separator
  • comentários

Em duelo válido pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Guarani viaja até Pernambuco para encarar o Náutico, às 19h00 (horário de Brasília) deste sábado. Para ambas as equipes, que atravessam péssima fase, apenas a vitória basta.

Pelo lado do Timbu, que inicia a rodada na 19ª colocação, com apenas 23 pontos conquistados, somente os três pontos interessam, já que o clube precisa de uma reação imediata. Faltando 10 rodadas para o final da competição, o Náutico está 11 pontos atrás do Luverdense, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Nas últimas cinco partidas na disputa, os alvirrubros venceram apenas uma e perderam quatro.

Já o Guarani, além do desejo de se distanciar do Z4, quer também acabar com a falta de vitórias. A equipe campineira não triunfa na Série B há sete rodadas, desde a vitória em cima do Santa Cruz por 2 a 0, no Brinco de Ouro. Com 34 pontos, o Bugre está apenas dois acima do Figueirense, primeiro time dentro da zona da degola.

No primeiro turno, a partida entre as duas equipes terminou com vitória e alegria dos torcedores paulistas. Com o placar de 2 a 1, o Guarani havia então assumido a liderança da Segundona. Os três gols da partida foram provenientes de cobrança de pênaltis.

Para o jogo deste sábado, o técnico Roberto Fernandes, do Náutico, contará com muitos desfalques. Integram a lista de machucados o atacante Rafael Oliveira, com uma contusão no joelho, o centroavante Gilmar, que sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito na derrota dos pernambucanos para o Goiás, além dos defensores Léo Carioca e Henrique Ávila, que ainda não foram liberados pelo departamento médico.

O Bugre, por outro lado, conta com novidades na comissão técnica. Depois da demissão de Marcelo Cabo, após a derrota para o Oeste por 3 a 0, a diretoria acertou com Lisca, quinto treinador da equipe na temporada, que terá a missão de garantir a permanência do time na Série B. O técnico fará sua estreia no banco de reservas neste sábado.

O zagueiro Diego Jussani, que deve estar entre os titulares do confronto, enfatizou que o Guarani encara "10 finais em 10 rodadas", começando com o duelo contra o Timbu. Para o jogador, o bom início dos campineiros na Série B atrapalhou o real objetivo da equipe na competição: a permanência na Segundona.

"Nós sabíamos desde o começo do Brasileiro que estávamos lutando pela permanência e lutando para fazer os 45 pontos o mais rápido possível. Porém criamos uma perspectiva de acesso pelo momentos em que vivíamos, pois criamos uma situação de acesso momentânea", afirmou.

"Éramos primeiro colocado, jogando bem, ganhando todos os jogos. O Brinco era um lugar respeitado, todo mundo vinha aqui e a gente passava por cima mas isso mudou. Hoje nossa realidade é de quinze rodadas com uma vitória apenas", finalizou.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO x GUARANI

Local: Estádio Luiz José de Lacerda (Lacerdão), em Caruaru (PE)

Data: 14 de outubro de 2017, sábado

Horário: 19h00 (horário de Brasília)

Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)

Assistentes: Oberto da Silva Santos (PB) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (PB)

NÁUTICO: Jefferson; Sueliton, Aislan, Feliphe Gabriel e Manoel; Amaral, Diego Miranda, Rafinha e Giovanni; Dico e William

Técnico: Roberto Fernandes

GUARANI: Vagner; Lenon, Ewerton Páscoa, Diego Jussani e Richarlyson; Baraka, Evandro, Bruno Nazário, Fumagalli e Kevin; Bruno Mendes

Técnico: Lisca

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade