1 evento ao vivo

Na Austrália, taekwondo brasileiro faz último teste antes do Pan de Toronto

26 jun 2015
08h20
atualizado às 08h42
  • separator
  • 0
  • comentários

A Seleção Brasileira de taekwondo está em Melbourne para a última competição antes dos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Entre sexta e domingo, oito atletas vão brigar por medalhas no Aberto da Austrália. São eles Raphaella Galacho, Josiane Lima, Guilherme Félix, André Bilia, Julia Vasconcelos, Henrique Precioso e os medalhistas no Mundial, Iris Sing e Venílton Teixeira. De acordo com a delegação brasileira, a competição serve como preparatório para Pan, por ora o "objetivo principal".

"É um treinamento de luxo pra acertar os últimos detalhes", explica Raphaella Galacho, que compete na categoria até 73 kg, ecoada pela colega Josiane Lima (- 57 kg).

"O objetivo principal são os Jogos Pan-americanos dentro do período de treinamento. Este torneio é preparatório, onde será feito ajuste fino dos detalhes para atuar em melhores condições em Toronto", acrescentou Josiane, que treina cinco horas por dia e, apesar de ver a prova como um teste, não deixa de considerar sua dificuldade.

"É um campeonato forte. Por isso, devo ter atenção com todas as adversárias. As mais bem colocadas no ranking estão presentes. São China e Japão", avaliou. Henrique Precioso (- 68 kg), por sua vez, acredita que todas as seleções vão usar o Aberto da Austrália para treinar para o Pan, o que eleva o nível da competição.

"Outros países participarão com o mesmo objetivo e, por esse motivo, o Open será muito difícil. Será um excelente teste", pontou o atleta. O torneio vale 20 pontos no ranking mundial e olímpico e vai do dia 26 ao dia 28 de julho. O Pan de Toronto será realizado entre os dias 10 e 26 de julho, no Canadá.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade