PUBLICIDADE

Zarco dita ritmo treino 3 na chuva. Bagnaia é 11º em Misano, com Quartararo em 15º

A Ducati formou uma trinca no topo da tabela com o duo da Pramac e Jack Miller, mas viu o vice-líder do Mundial encerrar o terceiro treino livre para o GP da Emilia-Romanha apenas em 11º. O líder do campeonato, porém, também terá de passar pelo Q1 da classificação, e pela primeira vez no ano

23 out 2021 05h54
| atualizado às 06h18
ver comentários
Publicidade
Johann Zarco comandou o terceiro treino em Misano
Johann Zarco comandou o terceiro treino em Misano
Foto: AFP / Grande Prêmio

CINCO MOTIVOS PARA FICAR DE OLHO NA MOTOGP EM MISANO | GP às 10

A Ducati formou um 1-2-3 no topo da tabela de tempos do terceiro treino livre para o GP do Feito na Itália e da Emilia-Romanha. O bom resultado de Johann Zarco, Jorge Martín e Jack Miller na chuva, porém, é ofuscado pela 11ª colocação de Francesco Bagnaia em Misano, já que o vice-líder da MotoGP terá de passar pela fase inicial da classificação. O revés, porém, não é assim tão ruim, já que Fabio Quartararo também estará no Q1.

Com 1min40s384 em mais um treino na chuva, Zarco assegurou o topo da folha de tempos com 00s87 de margem para Martín, que ficou em segundo. Miller liderou parte da sessão, mas acabou em terceiro, 0s136 mais lento que Johann.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Johann Zarco foi o mais rápido em Misano (Foto: Pramac)

MATEMÁTICA DO TÍTULO

Miguel Oliveira cravou 1min40s832 e ficou com o quarto posto, seguido por Marc Márquez e Pol Espargaró. Franco Morbidelli conseguiu melhorar nos minutos finais da sessão e foi a melhor Yamaha, em sétimo.

Aleix Espargaró colocou a Aprilia no oitavo posto, com Danilo Petrucci em nono. Luca Marini conseguiu a última vaga no top-10, 0s601 mais lento que o ponteiro da atividade.

Bagnaia cravou 1min41s121 e ficou em 11º, 0s737 atrás de Zarco. 15º, Quartararo foi 0s891 mais lento que o conterrâneo da Pramac.

O GP do Feito na Itália e da Emília-Romanha de MotoGP, em Misano, acontece no domingo (24), às 9h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP para o GP da Emilia-Romanha:

Tal qual aconteceu na sexta-feira, o sábado amanheceu com frio e chuva em Misano. Quando a pista foi liberada para o TL3, os termômetros mediam 15°C, com a temperatura da pista chegando só aos 14°C. a velocidade do vento era de 8 km/h.

Iker Lecuona abriu a sessão no topo da tabela, 0s539 melhor que Joan Mir, o segundo colocado. Miguel Oliveira vinha em terceiro, diante de Michele Pirro Marc Márquez.

Ainda nos primeiros minutos de sessão, Lorenzo Savadori sofreu uma queda na curva 1 de Misano e precisou ser removido pelos médicos.

Iker Lecuona sofreu uma queda ainda nos primeiros minutos da sessão em Misano (Foto: MotoGP)

Pouco depois, Francesco Bagnaia baixou para 1min43s284 e assumiu a liderança, 0s005 melhor que Johann Zarco, que avançou para a segunda colocação. Fabio Quartararo assumiu brevemente o terceiro posto, mas foi superado de imediato por Joan Mir e Álex Rins.

Jack Miller, então, tomou a ponta, mas tampouco ficou por lá, já que Marc Márquez virou 0s266 mais rápido e assumiu o primeiro posto. Bagnaia veio na sequência para passar o companheiro de equipe e se instalar em segundo.

A liderança da Honda, porém, também foi rápida. Com 1min42s275, Zarco retomou o cume da folha de tempos, mas foi rapidamente superado por Miller e Oliveira, que assumiram as duas primeiras posições, com Marc Márquez vindo em seguida para ser o terceiro.

Miller baixou para 1min41s321 para sustentar a primeira posição, com Marc Márquez ficando em segundo por só 0s010. Zarco caiu para terceiro, seguido por Oliveira e Bagnaia.

Passados 15 minutos de treino, Joan Mir registrou 1min41s295 e tomou a frente de Miller, que vinha em volta rápida e imediatamente passou o campeão vigente por 0s092.

Logo em seguida, Michele Pirro sofreu uma queda na curva 16, mas escapou de lesões maiores. O piloto de testes da Ducati corre como wild-card neste fim de semana.

Na sequência, foi Álex Rins quem se acidentou. O piloto da Suzuki perdeu a traseira na curva 13 e acabou arremessado da moto. Apesar do susto, o espanhol não se feriu e deixou a pista correndo para pegar uma carona de volta aos boxes.

Com Miller parado nos boxes, Jorge Martín saltou para a segunda posição, 0s058 atrás. Bagnaia, porém, virou 0s043 melhor que o australiano e tomou o comando da atividade matutina em Misano.

O italiano de Torino, porém, mal teve tempo de se acomodar antes de ser destronado por Oliveira, que engatou outra boa volta na sequência para abrir 0s328 de margem para o piloto da Ducati. Miller era o terceiro, à frente de Martín, Mir, Marc Márquez, Zarco, Luca Marini, Lecuona e Danilo Petrucci. Quartararo vinha em 13º, 1s066 atrás do português.

Somente alguns minutos após tomar a ponta, Oliveira perdeu a traseira da RC16 na curva 15 de Misano e caiu. O português de Pragal levantou rapidamente para tentar correr para os boxes, mas foi puxado por um fiscal, que o indicava um caminho diferente.

Restando cerca de 15 minutos para o fim do terceiro treino, Jorge Martín cravou 1min40s471 e tomou a liderança, abrindo 0s361 de vantagem para Oliveira. Além dos dois, o passe provisório direto para o Q2 também tinha os nomes de Bagnaia, Miller, Mir, Marc Márquez, Zarco, Marini, Lecuona e Petrucci.

O sábado, porém, não era dos melhores para a Yamaha. Quartararo vinha só em 13º, com Franco Morbidelli, Andrea Dovizioso e Valentino Rossi aparecendo apenas em 21°, 22º e 23º, respectivamente.

Franco, porém, calçou um pneu traseiro macio novo, anotou 1min41s436 e saltou para a oitava colocação, 0s965 atrás de Martín que seguia na ponta. Quem também melhorou foi Marc Márquez, que tinha se instalado em terceiro.

Perto da barreira de sete minutos para o fim, Zarco foi a 1min40s729 e assumiu a segunda colocação, 0s091 melhor que Miller, o terceiro. Oliveira desceu para quarto, diante de Márquez, Bagnaia, Mir, Lecuona, Morbidelli e Pirro.

Franco deu mais um passo na 16ª volta nesta manhã de sábado e subiu para sexto, 0s558 atrás de Zarco, que tinha tomado a liderança de Martín. Mais atrás, Quartararo também foi melhor e agora aparecia em décimo, mais de 1s mais lento que o ponteiro.

Petrucci logo virou 0s055 melhor que Quartararo e derrubou o líder do Mundial para 11º. Pouco depois, Pol Espargaró também deixou o piloto de Nice para trás.

Com o cronômetro rolando, Fabio seguia tentando uma vaga direta no Q2, mas não escondia a irritação com a falta de performance. 'El Diablo' entrou no minuto final da sessão apenas em 13º, 1s087 atrás do líder.

Quartararo avançou para 11º pouco depois, mas foi superado de imediato por um Lecuona 0s039 melhor e caiu para 12º.

Com a bandeira quadriculada tremulando em Misano, Aleix Espargaró pulou para oitavo, 0s580 atrás do líder Zarco. Luca Marini também avançou e ficou com o décimo posto.

Bagnaia, porém, acabou em 11º e terá de passar pelo Q1, assim como Quartararo, que ficou só em 15º.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

MotoGP 2021, GP da Emília-Romanha, Misano, Treino Livre 3:

1 J ZARCO Pramac Ducati 1:40.384  
2 J MARTÍN Pramac Ducati 1:40.471 +0.087
3 J MILLER Ducati 1:40.520 +0.136
4 M OLIVEIRA KTM 1:40.832 +0.448
5 M MÁRQUEZ Honda 1:40.855 +0.471
6 P ESPARGARÓ Honda 1:40.925 +0.541
7 F MORBIDELLI Yamaha 1:40.942 +0.558
8 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:40.964 +0.580
9 D PETRUCCI Tech3 KTM 1:40.967 +0.583
10 L MARINI Avintia VR46 Ducati 1:40.985 +0.601
11 F BAGNAIA Ducati 1:41.121 +0.737
12 J MIR Suzuki 1:41.129 +0.745
13 M PIRRO Ducati 1:41.168 +0.784
14 I LECUONA Tech3 KTM 1:41.236 +0.852
15 F QUARTARARO Yamaha 1:41.275 +0.891
16 B BINDER KTM 1:41.485 +1.101
17 M VIÑALES Aprilia Gresini 1:41.538 +1.154
18 E BASTIANINI Avintia Ducati 1:41.791 +1.407
19 A MÁRQUEZ LCR Honda 1:41.876 +1.492
20 T NAKAGAMI LCR Honda 1:41.888 +1.504
21 A RINS Suzuki 1:42.023 +1.639
22 A DOVIZIOSO SRT Yamaha 1:42.251 +1.867
23 V ROSSI SRT Yamaha 1:42.601 +2.217
24 L SAVADORI Aprilia Gresini Sem tempo

ADEUS DE ROSSI E TRIBUTO A SIMONCELLI: MOTOGP TRANSBORDA EMOÇÃO EM MISANO | GP às 10

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade