PUBLICIDADE

Quartararo lembra início ruim em 2022 e diz: "Especial lutar pela vitória outra vez"

Fabio Quartararo se mostra aliviado após o primeiro triunfo em 2022 pela Yamaha. Ele, inclusive, diz como foi emocionante vencer depois de um início ruim de temporada

25 abr 2022 04h46
ver comentários
Publicidade
Fabio Quartararo, Johann Zarco e Aleix Espargaró foram ao pódio
Fabio Quartararo, Johann Zarco e Aleix Espargaró foram ao pódio
Foto: Michelin / Grande Prêmio

Ao vencer o GP de Portugal, Quartararo marcou a primeira vitória da Yamaha em 2022 — e não só isso: também encerrou a dominância das fábricas europeias, que já durava quatro corridas. A vitória vem num momento importante para a equipe nipônica, bem como para o atual campeão. Isso porque Fabio expôs diversas vezes o quanto seu time, que não começou bem o campeonato, precisava melhorar a M1 para buscar melhor desempenho. Desempenho este que ele apresentou no Algarve.

"Faz um longo tempo desde que eu conquistei a vitória, acho que foi em agosto em Silverstone", disse Quartararo. "Mas também pelos momentos difíceis que tive neste ano. Foi um período curto, quatro corridas, mas quando você vence o campeonato, você sempre quer lutar outra vez pelo campeonato", seguiu.

A última vez em que o piloto de Nice havia vencido na classe rainha foi no GP da Inglaterra do ano passado, em agosto. Ou seja, quase sete meses sem a moto #20 no lugar mais alto do pódio — o que pareceu ainda mais distante de acontecer com as dificuldades neste início de temporada. Por isso, para ele, o resultado de Portimão foi emocionante.

Fabio Quartararo está empatado com Álex Rins. mas leva vantagem no critério de desempate
Fabio Quartararo está empatado com Álex Rins. mas leva vantagem no critério de desempate
Foto: Michelin / Grande Prêmio

"Para mim, foi difícil aceitar que fiquei feliz em terminar em sétimo em Austin, pois melhorei muito meu ritmo em relação ao ano anterior [quando fui segundo, mas] não melhoramos muito a moto, sabemos o que está acontecendo", comentou. "Então, claro, é difícil para mim ver a equipe me aplaudindo pela sétima colocação. Na minha cabeça, a sétima colocação não era boa, mas fiquei feliz", comentou.

"Mas hoje, foi especial lutar pela vitória mais uma vez, uma coisa emocionante, pois sempre disse que lutaria da mesma forma para ser primeiro, quinto ou décimo. E, claro, hoje foi muito mais divertido, e foi por isso que fiquei tão emocionado", finalizou.

Com o triunfo, Quartararo salta para a liderança do campeonato com Álex Rins. Ambos têm 69 pontos. Atrás deles, com só três pontos a menos que os dois ponteiros, Aleix Espargaró aparece na terceira colocação.

A MotoGP volta às pistas na semana que vem para o GP da Espanha, em Jerez de la Frontera. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da sexta etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

EUROPA X JAPÃO NA MOTOGP: CHEGOU A HORA DA REAÇÃO DAS GIGANTES YAMAHA, HONDA E SUZUKI?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade