PUBLICIDADE

Pol Espargaró bate Rins e põe Honda na frente no treino 1 na França. Quartararo é 4º

Só 0s109 mais rápido que o rival da Suzuki, o caçula dos irmãos de Granollers liderou o primeiro treino da MotoGP em Le Mans. Francesco Bagnaia assegurou o terceiro tempo, diante do líder do Mundial de Pilotos

13 mai 2022 05h50
| atualizado às 06h50
ver comentários
Publicidade
Pol Espargaró comandou o primeiro treino em Le Mans
Pol Espargaró comandou o primeiro treino em Le Mans
Foto: Honda / Grande Prêmio

BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?

Pol Espargaró começou o fim de semana do GP da França com o pé direito. Em meio a rumores de que será substituído na Honda em 2023, o catalão mostrou boa forma nesta sexta-feira (13) e bateu Álex Rins para liderar o primeiro treino livre da MotoGP em Le Mans.

Com 1min31s771 na penúltima de 21 voltas, Pol superou Álex Rins por só 0s109 para ficar com a liderança do primeiro treino livre no circuito Bugatti. Só mais 0s013 atrás, Francesco Bagnaia completa a lista dos três melhores.

O BRASIL EM DUAS RODAS

Pol Espargaró foi o mais rápido nesta manhã na França (Foto: Divulgação/MotoGP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Correndo em casa, Fabio Quartararo chegou a liderar, mas caiu para quarto nos instantes finais da sessão, 0s141 atrás de Pol. Aleix Espargaró, por outro lado, melhorou no último giro para garantir o quinto tempo, 0s162 atrás do irmão.

Joan Mir foi a 1min31s942 e ficou em sexto, diante de Jack Miller. Maverick Viñales passou todo o treino na parte de cima da tabela e acabou em oitavo, seguido por Johann Zarco. Luca Marini completa a lista dos dez melhores.

Marc Márquez precisou evitar uma queda na sessão e acabou em 13º. O espanhol fez a melhor de 21 voltas em 1min32s266 e ficou a 0s495 do companheiro de Honda.

A classificação da MotoGP para o GP da França, em Le Mans, sétima etapa da temporada, acontece no sábado, às 9h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

Saiba como foi o primeiro treino da MotoGP em Le Mans:

A MotoGP encontrou sol e céu claro no primeiro treino livre para o GP de França. Quando a pista foi liberada para os 45 minutos do TL1, os termômetros mediam 13º, com o asfalto chegando a 14°C. A umidade relativa do ar estava na casa dos 8 km/h, com o vento soprando a 8 km/h.

Tão logo o circuito Bugatti foi liberado, os pilotos deixaram os boxes e partiram para a pista para iniciar o trabalho. Com 1min35s314, Álex Rins foi o primeiro a tomar a liderança, logo melhorando a marca para permanecer na posição. Pol Espargaró apareceu em segundo, diante de Brad Binder, Maverick Viñales e Aleix Espargaró.

Jack Miller, então, foi a 1min33s168 e assumiu o comando, mas logo foi destronado por um Pol 0s013 melhor. O piloto da Honda, contudo, tampouco ficou com a posição. Rins veio logo em seguida para ser 0s099 melhor e recolocar a Suzuki na liderança.

Ainda nestes primeiros minutos de TL1, Enea Bastianini sofreu uma queda na Garage Vert, a curva 8 de Le Mans, mas escapou de lesões maiores e voltou ao trabalho quase que de imediato, rumando para os boxes da Gresini.

Enquanto isso, Rins foi a 1min32s545 e abriu 0s382 de margem na liderança, agora com Maverick Viñales em segundo. Miller cortou um pouco da diferença ao assumir o segundo lugar, com Marc Márquez e Jorge Martín se enfiando entre os dois pouco depois.

Na sexta volta nesta manhã em Le Mans, Maverick foi a 1min32s418 e colocou a Aprilia na liderança, 0s127 mais rápido do que Rins. Márquez caiu para terceiro, diante de Quartararo, Martín, Miller, Aleix, Brad Binder, Mir e Takaaki Nakagami.

Instantes depois, Brad Binder caiu na curva 3, mas também escapou de lesões maiores. O mais velho dos irmãos sul-africanos tinha o 11º tempo na sessão.

Quartararo tomou a primeira posição, mas tampouco conseguiu se consolidar, já que Miller apareceu com 1min32s101 para deixar a Ducati no topo da tabela, 0s239 melhor que o piloto da casa. Viñales era o terceiro, diante de Pol, Rins e Aleix.

Minutos depois, Marc Márquez protagonizou mais uma daquelas salvadas que só ele parece ser capaz de executar. O espanhol de uma escapada da pista na curva 8, mas mesmo por cima da zebra e balançando bastante, conseguiu evitar a queda. Foi uma ação bastante similar a uma salvada de 2019 na mesma Garage Vert.

Marc Márquez evitou um tombo na sessão (Foto: Reprodução)

Quem não conseguiu evitar um tombo foi Franco Morbidelli. O piloto da Yamaha caiu com pouco mais de 12 minutos para o fim do treino na curva 11, mas não se feriu e deixou a pista correndo.

Depois de uma passagem pelos boxes, os pilotos voltaram para um último ataque. Miller seguia no comando, com Quartararo, Rins, Pol, Viñales, Aleix, Zarco, Bagnaia. Mir e Luca Marini formando o top-10.

Já na reta final da sessão, Miguel Oliveira registrou o segundo tombo do dia. O português tinha caído mais cedo na curva 10, mas voltou a se acidentar na 6. E, desta vez, numa queda mais forte.

Enquanto isso, Quartararo chegou em 1min31s912 e assumiu a ponta, 0s049 melhor que Miller. Rins era o terceiro na França, diante de Marini, Viñales e Pol Espargaró. Joan Mir aparecia em décimo.

Instantes antes de o cronômetro zerar, Rins recolocou a Suzuki na primeira posição, mas foi imediatamente superado por um Pol Espargaró 0s109 melhor. Bagnaia também passou melhor e assumiu o terceiro posto. Quartararo caiu para quarto, com Mir subindo para a quinta colocação.

Com a bandeira quadriculada tremulando na França, Aleix saltou para o quinto posto, 0s162 atrás do irmão Pol Espargaró.

MotoGP 2022, GP da França, Le Mans, Treino livre 1:

1 P ESPARGARÓ Honda 1:31.771  
2 Á RINS Suzuki 1:31.880 +0.109
3 F BAGNAIA Ducati 1:31.893 +0.122
4 F QUARTARARO Yamaha 1:31.912 +0.141
5 A ESPARGARÓ Aprilia 1:31.933 +0.162
6 J MIR Suzuki 1:31.942 +0.171
7 J MILLER Ducati 1:31.961 +0.190
8 M VIÑALES Aprilia 1:32.078 +0.307
9 J ZARCO Pramac Ducati 1:32.112 +0.341
10 L MARINI VR46 1:32.128 +0.357
11 T NAKAGAMI LCR Honda 1:32.165 +0.394
12 E BASTIANINI Gresini Ducati 1:32.255 +0.484
13 M MÁRQUEZ Honda 1:32.266 +0.495
14 J MARTÍN Pramac Ducati 1:32.491 +0.720
15 M BEZZECCHI VR46 1:32.674 +0.903
16 A DOVIZIOSO RNF YAMAHA 1:32.736 +0.965
17 F DI GIANNANTONIO Gresini Ducati 1:32.755 +0.984
18 B BINDER KTM 1:32.756 +0.985
19 A MÁRQUEZ LCR Honda 1:32.762 +0.991
20 F MORBIDELLI Yamaha 1:32.937 +1.166
21 M OLIVEIRA KTM 1:33.021 +1.250
22 R GARDNER Tech3 KTM 1:33.302 +1.531
23 R FERNÁNDEZ Tech3 KTM 1:34.151 +2.380
24 D BINDER RNF YAMAHA 1:34.624 +2.853

SUZUKI DETONA BOMBA NA MOTOGP COM ANUNCIO DE SAÍDA EM 2022

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade