PUBLICIDADE

Ogura domina GP da Espanha de ponta a ponta e vence primeira da carreira na Moto2

Pole da Espanha, Ai Ogura fez prova cerebral, liderou de ponta a ponta e conquistou sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade

1 mai 2022 08h04
| atualizado às 08h43
ver comentários
Publicidade
É a segunda vitória da equipe na Moto2
É a segunda vitória da equipe na Moto2
Foto: Team Asia / Grande Prêmio

CAMPEÃO X VETERANO: QUEM DEVE ORIENTAR EVOLUÇÃO DA YAMAHA NA MOTOGP?

Depois de conquistar sua primeira pole-position no sábado, Ai Ogura alcançou outro feito no GP da Espanha de Moto2: a primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. O japonês teve ótima largada e liderou de ponta a ponta a prova, terminando com diferença de 2s5 para Arón Canet, segundo colocado.

E, falando em segunda posição, a disputa foi grande. Canet e Tony Arbolino disputaram o segundo lugar do pódio, mas o espanhol levou a melhor. O italiano, portanto, fecha o top-3. Augusto Fernández e Marcel Schrötter completam as cinco primeiras colocações.

Ogura conquistou sua primeira vitória (Foto: Team Asia)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Celestino Vietti terminou em sexto lugar e segue líder do campeonato. Fecham o top-10: Bo Bendsneyder, Joe Roberts, Albert Arenas e Jorge Navarro.

Com o resultado, Celestino Vietti chega aos 100 pontos e agora tem só 19 de vantagem para Ogura na classificação do Mundial de Pilotos. Arbolino é o terceiro na classificação, diante de Canet e Joe Roberts. Marcel Schrötter, Somkiat Chantra, Jorge Navarro, Augusto Fernández e Sam Lowes completam o rol dos dez melhores colocados.

A Moto2 volta às pistas no próximo dia 15 de maio para o GP da França, em Le Mans, sétima etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

ASSISTA

Saiba como foi o GP da Espanha de Moto2:

Em mais um dia de sol e calor em Jerez, a Moto2 foi para a pista com os termômetros medindo 26°C no ambiente, com o asfalto batendo a marca de 39°C. A umidade do ar estava em 32%, com o vento soprando a 2 km/h.

Quando as luzes se apagaram na reta de Jerez, Ai Ogura conseguiu sustentar a ponta, com Arón Canet saindo muito em para tomar a segunda colocação, diante de Tony Arbolino e Fermín Aldeguer. Celestino Vietti caiu para o sexto posto, diante de Sam Lowes, que não fez um bom início.

Ainda no início da disputa, Pedro Acosta caiu, mas não se feriu e conseguiu voltar para a corrida —apenas na última colocação, no entanto.

Na ponta, Arbolino conseguiu passar Canet e tratou de liderar a caçada em direção a Ogura, que ia firme na liderança. Os dois vinham afastados por só 0s209, mas o primeiro pelotão ainda estava todo formado.

Com a vaga na Moto2 ameaçada, Romano Fenati não conseguiu ir muito longe na corrida e também caiu, abandonando a disputa na volta 6.

Sem que Arbolino conseguisse lançar um ataque na direção de Ai, Canet foi para cima do italiano e, mesmo recém-operado, conseguiu retomar a segunda colocação, já pouco mais de 0s5 atrás do japonês.

Vindo em uma prova de recuperação, Sam Lowes ensaiou um ataque para cima de Tony, mas o italiano segurou. Pouco depois, todavia, o britânico caiu na curva 8 ao travar a dianteira da moto. Somkiat Chantra herdou a quarta colocação, mas tampouco foi longe na disputa, já que também caiu na curva 9 no giro seguinte.

Logo em seguida, a disputa perdeu mais dois protagonistas. Jake Dixon tentou ultrapassar Fermín Aldeguer na curva 13, mas caiu e coletou o piloto da Speed Up. O piloto da Aspar ainda tentou reclamar com o jovem espanhol, mas sem razão.

Enquanto isso, Ogura seguia dominante, mas sem abrir uma decisiva vantagem. Com 12 voltas para o fim, o piloto da equipe comandada por Hiroshi Aoyama tinha 0s464 de margem para Canet, que era seguido de perto por Arbolino. Quarto colocado, Augusto Fernández já vinha quase 3s atrás.

Com o passar dos giros, a diferença na ponta na ponta ia variando: às vezes maior, às vezes menor. Mas nunca próxima o bastante para ameaçar a liderança de Ogura, que não tinha errado uma vírgula desde a largada.

Ogura, então, decidiu que hora de 'descer o martelo'. O japonês passou a forçar mais o ritmo e quebrou o pelotão de vez, abrindo mais de 1s5 de margem para Canet com cinco voltas para o fim da corrida. Arbolino também não conseguiu manter contato com Arón e se afastou mais de 1s.

Atrás, Marcel Schrötter conseguiu deixar Celestino Vietti para trás para tomar o quinto posto, já 2s9 atrás de Augusto Fernández, o quarto colocado.

Ogura conseguiu manter a mesma firmeza com que começou a corrida para receber a bandeirada com 2s509 de Canet, que resistiu às dores de um braço recém-operado para ser segundo. Arbolino ficou em terceiro.

Moto2 2022, GP da Espanha, Jerez de la Frontera, Corrida:

1 A OGURA Team Asia Honda 39min16s357 23 voltas
2 A CANET HP40 Kalex +2.509  
3 T ARBOLINO Marc VDS Racing Team +3.669  
4 A FERNÁNDEZ Red Bull KTM Ajo +5.358  
5 M SCHRÖTTER Intact GP +9.245  
6 C VIETTI VR46 Racing Team +12.122  
7 B BENDSNEYDER SAG Pertamina +13.918  
8 J ROBERTS Italtrans Racing Team +14.064  
9 A ARENAS Aspar GasGas +18.980  
10 J NAVARRO HP40 Kalex +27.767  
11 A ZACCONE Gresini Racing +31.536  
12 J ALCOBA Intact GP +33.308  
13 S MANZI VR46 Yamaha Master Camp +33.635  
14 B BALTUS RW Racing GP +33.751  
15 L DALLA PORTA Italtrans Racing Team +33.826  
16 M GONZÁLEZ VR46 Yamaha Master Camp +34.040  
17 G RODRIGO SAG Pertamina +37.292  
18 S CORSI Forward MV Agusta +41.128  
19 Z VAN DEN GOORBERGH RW Racing GP +41.307  
20 P ACOSTA Red Bull KTM Ajo +46.441  
21 F SALAC Gresini Racing +53.073  
22 S D KELLY American Racing +56.157  
23 N ANTONELLI VR46 Racing Team +56.521  
24 F ALDEGUER Speed Up Boscoscuro Abandonou  
25 M RAMÍREZ Forward MV Agusta Abandonou  
26 J DIXON Aspar GasGas Abandonou  
27 S CHANTRA Team Asia Honda Abandonou  
28 C BEAUBIER American Racing Abandonou  
29 S LOWES Marc VDS Racing Team Abandonou  
30 R FENATI Speed Up Boscoscuro Abandonou  

EUROPA X JAPÃO NA MOTOGP: CHEGOU A HORA DA REAÇÃO DAS GIGANTES YAMAHA, HONDA E SUZUKI?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade