0

MotoGP cancela ida a Malásia, Tailândia e Argentina, mas promete 14ª etapa na Europa

A manhã de sexta-feira chegou com a confirmação de que a MotoGP não fará viagem a três países que tradicionalmente estão em seu calendário - mas também a de que uma nova corrida será adicionada após o GP de Valencia

31 jul 2020
09h04
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Andressa Costa
Andressa Costa
Foto: Grande Prêmio

A MotoGP confirmou na manhã desta sexta-feira (31) o número de GPs que terá em sua temporada 2020. Com o corte de três etapas do calendário, a classe rainha do Mundial terá 14 corridas, enquanto Moto2 e Moto3 terão 15 - já que puderam disputar a prova no Catar, em março.

Os cancelamentos foram de duas etapas na Ásia e a única programada para a América do Sul: Malásia, Tailândia e Argentina não vão ver as motos passando por Sepang, Buriram e Termas de Río Hondo em 2020.

Ao mesmo tempo, a categoria confirmou a presença das três no calendário de 2021, ainda sem datas oficializadas. No caso da Tailândia, a promessa vai além: foi anunciada a renovação do contrato da prova até 2026.

"É com grande tristeza que anunciamos o cancelamento destes GPs nesta temporada. A falta delas será muito sentida. A paixão dos fãs nestes continentes é incrível, e cria uma atmosfera muito bem vinda ao esporte", disse Carmelo Ezpeleta, diretor-executivo da Dorna, promotora do Mundial.

Iago Weslley
Iago Weslley
Foto: Grande Prêmio

Sem estes dois continentes, o 2020 da MotoGP será mesmo só na Europa: uma 14ª corrida será disputada no dia 22 de novembro, encerrando o Mundial tão prejudicado pela pandemia do coronavírus.

Ainda sem palco definido, ela ocorrerá depois do GP da Comunidade Valenciana, que tradicionalmente encerra o ano. Portugal é candidato a receber o evento.

A Espanha, em diversos autódromos, tem sete provas programadas para o ano da categoria. Áustria e Itália têm duas, enquanto Tchéquia e França recebem uma cada.

A MotoGP volta no próximo final de semana, em Brno, na Tchéquia, com corrida no dia 9 de agosto.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

Veja também:

Duelo entre Fluminense e Palmeiras promete ser o destaque da rodada do meio de semana do Brasileiro
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade