PUBLICIDADE

Mir mostra surpresa com queda durante temporal em Le Mans: "Não sei o que houve"

Joan Mir fazia uma boa corrida de recuperação no GP da França, mas a chuva apertou e o espanhol caiu na quinta volta. Após a prova, o piloto da Suzuki lamentou os erros cometidos em Le Mans ao longo do fim de semana

17 mai 2021 04h17
ver comentários
Publicidade
Joan Mir caiu na volta 5 e abandonou o GP da França
Joan Mir caiu na volta 5 e abandonou o GP da França
Foto: Suzuki / Grande Prêmio

Joan Mir teve um domingo (16) para esquecer em Le Mans. Largando apenas em 14º, o atual campeão da MotoGP fazia uma prova de recuperação decente, mas caiu na quinta volta e abandonou a etapa. Quando a chuva começou a apertar, o piloto da Suzuki, ainda com pneus slicks, perdeu o controle e saiu da disputa.

O pior de tudo para Mir é que o acidente foi pouco antes de entrar nos boxes para trocar de moto e utilizar um equipamento com pneus de chuva. O espanhol culpou a falta de experiência em corridas flag-to-flag para explicar o bizarro incidente que o deixou 31 pontos atrás do líder Fabio Quartararo no campeonato.

"Eu queria ter dado o meu melhor. Sinceramente, eu estava forte na pista, fui capaz de ultrapassar vários pilotos na primeiras voltas. Estava no bolo. Quando passei o [Miguel] Oliveira, estava tentando superar o Aleix [Espargaró] para ficar no grupo com o Marc [Márquez] e o [Álex] Rins", afirmou o espanhol.

Mir explicou a queda que o fez zerar em Le Mans
Mir explicou a queda que o fez zerar em Le Mans
Foto: Suzuki / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

"Mas a chuva começou a cair naquela volta e, honestamente, não sei o que houve. Da minha parte, peço desculpas para a equipe porque cometi um erro. Eu vi que a moto não estava funcionando [após a queda] e corri para os boxes. Eu sabia que precisava estar com minha moto [para trocar], mas ela estava danificada. Não sei, foi a adrenalina ou algo do tipo. A partir dessa experiência, vou aprender para o futuro e não vou repetir, com certeza", completou.

Com o resultado sem pontos na França, Joan Mir ficou na sexta posição do campeonato, com 49 pontos. O líder voltou a ser Fabio Quartararo, com 80, com apenas 1 a mais que o rival Francesco Bagnaia.

A MotoGP volta à ação no dia 30 de maio, com o GP da Itália, sexta etapa do calendário. Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade