0

Mir mantém pés no chão com liderança na MotoGP: "14 pontos não é nada espetacular"

O espanhol comemorou o pódio conquistado no GP de Teruel e o aumento da liderança, mas afirmou que é preciso ir bem na rodada dupla de Valência

26 out 2020
11h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Joan Mir evita gritar vitória antes do tempo
Joan Mir evita gritar vitória antes do tempo
Foto: Suzuki / Grande Prêmio

Joan Mir ficou satisfeito com o resultado do GP de Teruel da MotoGP. O piloto da Suzuki comemorou terminar no pódio, mas apesar de ter crescido a vantagem na liderança, disse manter os pés no chão para não se deixar iludir.

No MotorLand, o espanhol largou da 12ª colocação. Entretanto, como nas últimas corridas, logo escalou o pelotão e se colocou em terceiro. Sem ritmo para conseguir alcançar o companheiro Álex Rins, terminou a corrida no degrau mais baixo do pódio.

"Falhei em largar um pouco mais para frente, mas bom, não só isso. No início, desgastei bastante o pneu ultrapassando. Aí a velocidade era a mesma, mas não podia alcançá-los. Não consegui fazer diferença nas ultimas voltas. Mesmo assim, estou contente, porque, antes de largar, já me daria satisfeito com um pódio. Tínhamos ritmo, mas largando em 12º, muitas coisas podem acontecer".

Joan Mir tem 14 pontos de vantagem na liderança
Joan Mir tem 14 pontos de vantagem na liderança
Foto: Suzuki / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sobre ter aumentado a vantagem na ponta da classificação, o espanhol preferiu não gritar vitória antes do tempo. "14 pontos não é nada espetacular. É uma boa distância, mas até que não passe dos 25, é como não ter nada. Sempre tento ser mais forte do que eles, não porque estamos brigando pelo campeonato, mas por pura competitividade".

"No final, quem vai marcar a diferença é quem sair melhor de Valência. Se puder ser rápido e constante como aqui, o objetivo é sair de Valência com pontos. Temos velocidade para lutar pelo campeonato nas corridas que faltam. Acho que temos boas opções".

Mir ruma para as últimas três corridas do calendário com respiro de 14 pontos para Fabio Quartararo, vice-líder. Maverick Viñales vem logo na sequência com 19 tentos de atraso para o ponteiro.

Veja também:

Lembre os jogos que o São Paulo está sem perder no Brasileirão
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade