PUBLICIDADE

Miller domina treino 2 e puxa 1-2 da Ducati em Misano. Quartararo fica em 16º no molhado

Com 1min41s305, o australiano assegurou o topo da folha de tempos com 0s927 de margem para Johann Zarco, o segundo colocado. Aleix Espargaró colocou a Aprilia na terceira posição, enquanto o líder do Mundial acabou apenas em 16º, 1s792 atrás do ponteiro

22 out 2021 10h06
| atualizado às 13h36
ver comentários
Publicidade
Jack Miller colocou a Ducati na ponta no TL2
Jack Miller colocou a Ducati na ponta no TL2
Foto: Red Bull Content Pool / Grande Prêmio

ADEUS DE ROSSI E TRIBUTO A SIMONCELLI: MOTOGP TRANSBORDA EMOÇÃO EM MISANO | GP às 10

A Ducati reinou absoluta no primeiro dia de treinos para o GP do Feito na Itália e da Emilia-Romanha de MotoGP. Depois de liderar a atividade matutina com Johann Zarco, a casa de Bolonha repetiu a dose nesta tarde de sexta-feira (22) em Misano, com Jack Miller estabelecendo com bastante folga a melhor marca da sessão.

Miller anotou 1min41s305 na melhor de 16 voltas e fechou o dia com 0s927 de margem para Johann Zarco, que ficou em segundo. Aleix Espargaró aproveitou a volta final para dar um enorme salto e acabou em terceiro.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Jack Miller (Foto: Red Bull Content Pool)

MATEMÁTICA DO TÍTULO

Iker Lecuona colocou a KTM na quarta colocação, só 0s015 melhor que Miguel Oliveira, o quinto colocado. Em casa, Luca Marini ficou em sexto, seguido por Lorenzo Savadori. Francesco Bagnaia foi 1s364 mais lento que o companheiro de Ducati e ficou com o oitavo posto, diante de Danilo Petrucci. Jorge Martín completa a lista dos dez melhores.

Líder do campeonato, Fabio Quartararo teve mais uma sessão discreta. O francês não conseguiu fazer a última volta da sessão e, com 1min43s097, ficou só em 16º, 1s792 atrás de Miller em Misano.

WEB STORY

A MotoGP define o grid de largada do GP do Feito na Itália e da Emília-Romanha, em Misano, no sábado (23), às 9h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Saiba como foi o treino livre 2 da MotoGP para o GP da Emilia-Romanha:

Assim como aconteceu mais cedo, a segunda sessão de treinos da MotoGP em Misano aconteceu também com pista molhada. Antes do início da sessão, os termômetros mediam 16°C, com o asfalto chegando a 17°C. O vento era apenas uma brisa leve, chegando a 3 km/h.

Líder da manhã, Johann Zarco abriu a sessão no topo da folha de tempos, mas logo deu lugar a Jack Miller, com Francesco Bagnaia se enfiando em segundo para formar um 1-2-3 de Ducati.

Ainda no início da sessão, Fabio Quartararo foi a 1min44s152 e assumiu o terceiro posto. A posição do francês, porém, foi breve. Miguel Oliveira avançou para segundo, com Joan Mir, Iker Lecuona, Marc Márquez e Michele Pirro também passando à frente do espanhol.

Miller conseguiu baixar para 1min41s547 para manter o comando, agora com 1s029 de margem para Iker Lecuona, o segundo colocado. Bagnaia tomou o terceiro posto, seguido por Zarco, Marc Márquez e Luca Marini.

Em meados da sessão foi Joan Mir quem avançou. O espanhol cravou 1min43s016 e saltou para a sexta colocação, 1s711 atrás de Miller. Quartararo caiu para oitavo, com Álex Márquez e Jorge Martín fechando o top-10.

Na sequência, foi Álex Márquez quem avançou. O irmão virou 0s004 melhor que Marc e ficou com o sexto posto, 1s5 atrás do líder Miller.

Com pouco menos de 15 minutos para o fim, Pol Espargaró caiu na curva 13, mas escapou de maiores lesões. O catalão tinha apenas o 14º tempo, 2s165 atrás do líder.

O sol, aliás, tinha aparecido em Misano, o que foi mudando a condição de pista. Ainda restavam algumas poças pelo traçado, mas era o melhor cenário do fim de semana até aqui.

Ainda com um par de pneus de chuva médios, Oliveira foi a 1min42s591 e saltou para o terceiro posto, ainda 1s286 atrás de Miller, que seguia dominante na atividade.

De volta à pista desde que sofreu lesão e que foi substituído por Maverick Viñales, Lorenzo Savadori, agora piloto de testes da Aprilia, saltou para o nono posto ao cravar 1min42s980, 1s675 atrás do líder.

Zarco também conseguiu apertar o passo e saltou para a terceira colocação, só 0s0112 atrás de Lecuona. Savadori foi ainda melhor e avançou para a quinta colocação.

Já com o cronômetro zerado, Zarco baixou para 1min42s232 e tomou o segundo posto, 0s927 atrás de Miller. Aleix Espargaró subiu para terceiro, seguido por Lecuona, Oliveira e Luca Marini.

iga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

MotoGP 2021, GP da Emília-Romanha, Misano, Treino Livre 2:

1 J MILLER Ducati 1:41.305  
2 J ZARCO Pramac Ducati 1:42.232 +0.927
3 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:42.291 +0.986
4 I LECUONA Tech3 KTM 1:42.576 +1.271
5 M OLIVEIRA KTM 1:42.591 +1.286
6 L MARINI Avintia VR46 Ducati 1:42.601 +1.296
7 L SAVADORI Aprilia Gresini 1:42.615 +1.310
8 F BAGNAIA Ducati 1:42.669 +1.364
9 D PETRUCCI Tech3 KTM 1:42.775 +1.470
10 J MARTÍN Pramac Ducati 1:42.809 +1.504
11 J MIR Suzuki 1:42.842 +1.537
12 E BASTIANINI Avintia Ducati 1:42.842 +1.537
13 A MÁRQUEZ LCR Honda 1:42.879 +1.574
14 M MÁRQUEZ Honda 1:42.883 +1.578
15 A RINS Suzuki 1:42.944 +1.639
16 F QUARTARARO Yamaha 1:43.097 +1.792
17 B BINDER KTM 1:43.237 +1.932
18 M PIRRO Ducati 1:43.413 +2.108
19 P ESPARGARÓ Honda 1:43.470 +2.165
20 F MORBIDELLI Yamaha 1:43.585 +2.280
21 M VIÑALES Aprilia Gresini 1:43.679 +2.374
22 V ROSSI SRT Yamaha 1:43.789 +2.484
23 T NAKAGAMI LCR Honda 1:44.075 +2.770
24 A DOVIZIOSO SRT Yamaha 1:44.643 +3.338

MOTOGP MOSTRA DUAS CARAS EM DECISÕES ENVOLVENDO SEGURANÇA EM 2021 | GP às 10

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade