4 eventos ao vivo

Lowes lidera primeiro dia de treinos do GP de Teruel da Moto2. Bastianini é 14º

Com o tempo de 1min51s920 feito em sua quarta de 17 voltas no TL2, o vice-líder da classificação fechou o dia na primeira posição da tabela. Jorge Navarro e Hector Garzó completaram o top-3

23 out 2020
11h36
atualizado às 12h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Moto2 2020 França Le Mans Sábado Marc VDS Sam Lowes
Moto2 2020 França Le Mans Sábado Marc VDS Sam Lowes
Foto: Grande Prêmio

Sam Lowes tratou de se colocar como o mais rápido do primeiro dia de treinos livres da Moto2. Nesta sexta-feira (23), no combinado de ambas as sessões, o piloto da Marc VDS anotou 1min51s920 e ficou com a ponta da tabela.

Na primeira atividade do dia, passou grande parte como o mais veloz, mas no final foi superado e terminou em segundo. Entretanto, na parte da tarde, reverteu o cenário e ainda na sua quarta volta de 17 feitas, foi para a ponta.

Sam Lowes
Sam Lowes
Foto: Marc VDS / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Jorge Navarro ficou apenas 0s058 mais lento que o ponteiro e fechou o dia em segundo. Hector Garzó veio logo atrás da dupla, com Fabio Di Giannantonio e Joe Roberts completando os cinco mais velozes das primeiras atividades.

Quem teve sexta-feira bastante discreta foi Enea Bastianini. Atual líder da classificação, fez tempo 0s800 mais lento que Lowes e fechou o dia em 14º. Luca Marini, terceiro colocado, ficou apenas na 23ª colocação.

Com menos de dez minutos de treino completados, a tabela de tempos já estava recheada de nomes. Quem aparecia na primeira colocação era Sam Lowes com 1min53s348. Jorge Navarro, 0s429 mais lento, e Fabio Gi Giannantonio, 0s558, vinham logo na sequência.

A sessão se encaminhava para sua metade concluída e poucas coisas mudavam na ponta da tabela. Com tempo 0s664 inferior ao do ponteiro, que baixou para 1min52s757, Enea Bastianini, líder da classificação, era o quinto. Os pilotos começavam a ir aos boxes para a parada programada.

Se encaminhando para o final, poucas mudanças eram vistas na tabela de tempos. Entre os competidores que mais rodaram, Marco Bezzecchi, quarto, tinha completado 13 voltas, enquanto Simone Corsi, 25º, deu apenas nove.

Nos minutos finais, Augusto Fernández bateu o tempo do inglês da Marc VDS em 0s134, cravou 1min52s623 e pulou para a primeira colocação. Di Giannantonio, Bezzecchi e Jorge Navarroc fechavam o top-5 e foi assim que encerrou a sessão.

Os pilotos retornaram para a pista na parte da tarde e Lowes retomou de onde parou: da liderança. O competidor virou 1min52s050 para se colocar na primeira posição seguido por Edgar Pons e Hector Garzó.

Quando ainda restavam 24 minutos no cronômetro, o treino foi paralisado por conta das condições da pista na curva 8. O local da pista estava com detritos e precisou de limpeza após acidente sofrido por Pons.

Sessão foi recomeçada e poucas coisas haviam mudado na ponta da tabela. Nos treinos combinados, a ordem dos pilotos que conseguia vaga provisória ao Q2 era Lowes, Garzó, Jake Dixon, Remy Gardner, Pons, Bezzecchi, Fernández, Bastianini, Thomas Lüthi, Di Giannantonio, Somkiat Chantra, Schrötter, Joe Roberts e Xavi Vierge.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade