PUBLICIDADE

Ducati vê Bastianini e Martín como "potenciais campeões" e fala em "escolha difícil"

Diretor-esportivo da casa de Borgo Panigale, Paolo Ciabatti afirmou que os dois pilotos terão motos oficiais como a de Francesco Bagnaia em 2023, mas a decisão de quem estará ao lado do italiano na equipe de fábrica só será tomada depois do GP da Áustria

7 jul 2022 - 04h46
Ver comentários
Enea Bastianini é o melhor posicionado no campeonato entre os postulantes a vaga
Enea Bastianini é o melhor posicionado no campeonato entre os postulantes a vaga
Foto: Gresini / Grande Prêmio

QUARTARARO CRESCE E MARCA DIFERENÇA NA PRIMEIRA METADE DA MOTOGP 2022

A Ducati ainda não decidiu quem estará ao lado de Francesco Bagnaia na equipe de fábrica em 2023. Diretor-esportivo da equipe, Paolo Ciabatti apontou que a casa de Bolonha enxerga Enea Bastianini e Jorge Martín como "potenciais campeões" e, por isso, vê a escolha como "difícil".

De acordo com Ciabatti, Bastianini e Martín terão motos oficiais em 2023, o mesmo equipamento de Bagnaia, mas a decisão de quem estará ao lado do italiano na equipe principal sairá apenas após o GP da Áustria, a segunda corrida após o retorno das férias.

WEB STORY

Ducati assegurou que nacionalidade não vai interferir na decisão (Foto: Divulgação/MotoGP)

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP

O dirigente destacou que, embora o titular da Gresini tenha iniciado o campeonato em melhor forma, Enea perdeu o rumo depois do GP da Itália. Jorge, por outro lado, iniciou 2022 com problemas físicos, mas foi mais competitivo antes de partir para as férias.

Completada a primeira parte da temporada, Bastianini é o quinto na classificação do Mundial de Pilotos, com 105 pontos, 67 atrás do líder Fabio Quartararo. Jorge Martín, por outro lado, é o 11º, com 70 pontos.

"Gostaríamos de ter Bastianini e Martín conosco em 2023, ambos são muito talentosos", disse Ciabatti à emissora italiana Sky Sport. "Enea fez um início de temporada fantástica, mas depois de Mugello ele se perdeu um pouco. Martín começou o ano com alguns problemas físicos, mas nas últimas corridas ele foi muito bem", avaliou.

"É uma escolha difícil. Tanto Bastianini quanto Martín são potenciais campeões mundiais no futuro, então decidimos esperar as corridas da Inglaterra e da Áustria, em agosto, antes de decidir", avisou. "Ambos terão nosso apoio oficial na próxima temporada com a mesma moto que Bagnaia terá em 2023", garantiu.

A MotoGP está de férias e volta à ativa apenas no dia 7 de agosto, com o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

PUNIÇÃO A QUARTARARO É MAIS UM ATO INCOMPREENSÍVEL DOS COMISSÁRIOS DA MOTOGP

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade