PUBLICIDADE

Dono da RNF alfineta perfil de Dovizioso: "Seja menos engenheiro e se limite a pilotar"

Razlan Razali fez uma comparação entre o veterano e Valentino Rossi e considerou que os dois italianos não se satisfazem apenas com o papel de pilotos, mas querem também ser engenheiros

16 mai 2022 07h32
ver comentários
Publicidade
Andrea Dovizioso sempre foi conhecido pelo perfil mais analítico
Andrea Dovizioso sempre foi conhecido pelo perfil mais analítico
Foto: RNF / Grande Prêmio

BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?

Dono da RNF, Razlan Razali disparou um dardo na direção de Andrea Dovizioso. O dirigente malaio pediu que o italiano "seja menos engenheiro e se limite a pilotar a Yamaha". O chefe aproveitou o ensejo e ainda deu uma cutucada em Valentino Rossi.

Piloto mais velho do grid, Andrea voltou à ativa apenas na reta final da temporada passada, depois de alguns meses sabáticos. O retorno foi possível apenas na esteira da confusão criada por Maverick Viñales, que abriu espaço na equipe de fábrica da casa de Iwata ao ser dispensado depois de tentar danificar propositalmente o motor da YZR-M1. Dovi, então, foi contratado pela fábrica dos três diapasões para ficar com o lugar de Franco Morbidelli, que foi levado ao time oficial para substituir o polêmico espanhol.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP

Razlan Razali saiu distribuindo alfinetadas em Andrea Dovizioso (Foto: RNF)

O BRASIL EM DUAS RODAS

Em 2022, mesmo com uma moto do ano e de fábrica, o ex-Ducati em feito pouco para se destacar. Até aqui, o piloto de Forli soma apenas oito pontos e ocupa a 20ª colocação no Mundial de Pilotos.

"Para ser sincero, não esperava que ele tivesse tantos problemas levando em contas que no ano passado ele fez cinco corridas e testes", disse Razali ao site italiano GPOne. "Achava que, com a experiência dele, saberia se adaptar à M1. Acho que ele tem de dar um passo atrás, não ser tão analítico e limitar-se a pilotar a moto, tratando de tirar proveito máximo dela ao invés de pensar no que não funciona. Essa é a moto que tem", disparou.

O comandante da RNF indicou que Dovizioso é parecido com Rossi e aproveitou o para alfinetar o multicampeão, que defendeu a escuderia malaia na última temporada da carreira.

"Encontro semelhanças entre ele e Valentino Rossi no ano passado. Ambos não só querem ser pilotos, mas também engenheiros. E eles se esquecem de serem pilotos e pilotarem a moto como ela é", declarou.

Quando chegou à MotoGP, a equipe de Razali encontrou sucesso com novatos como Fabio Quartararo e Franco Morbidelli, uma escolha que o dirigente vê como a mais acertada.

"A filosofia de contar com garotos jovens é a correta, porque eles não têm referências e simplesmente montam. Essa é a diferença entre um novato e um piloto experiente", comentou. "Vale e Dovi são muito analíticos, muito sensíveis, mas se esquecer de pilotar a moto", lamentou.

Por fim, Razali falou sobre a possibilidade de trocar de fornecedor de motor em 2023. O contrato com a Yamaha chega ao fim neste ano e a associação com a Aprilia é uma possibilidade.

"Os rumores existem desde o início do ano e agora a decisão da Suzuki os ampliou. É certo que só resta um ano de contrato com a Yamaha, mas temos tempo para avaliar a situação", disse. "Temos outras opções e são boas, mas estamos esperando. A possibilidade de mudar de fabricante é grande, mas é uma decisão que não gostaria de tomar", declarou.

"O que eu gostaria era de ter com a Yamaha uma relação como a que teve Hervé Poncharal durante mais de 20 anos, ou como a que Lucio Cecchinello tem com a Honda. Deste modo, você compete com a fábrica, ganha e perde junto. Como equipe, nós temos de construir nossa credibilidade, as relações comerciais, os fãs e não dá para fazer isso se você muda constantemente de construtor", ponderou. "Logicamente, me vejo obrigado a olhar para todas as opções, já que só me resta este ano de contrato com a Yamaha", encerrou.

A MotoGP volta às pistas no próximo dia 29 de maio para o GP da Itália, em Mugello, oitava etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

SUZUKI DETONA BOMBA NA MOTOGP COM ANUNCIO DE SAÍDA EM 2022

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade