PUBLICIDADE

Chefe da Honda contesta status da Ducati de melhor moto: "Stoner ganhou há muito tempo"

Alberto Puig elogiou o trabalho de base da KTM e lembrou a boa fama da Desmosedici, mas sublinhou que é importante manter em mente quem ganha e quanto ganha

14 out 2021 10h29
ver comentários
Publicidade
Casey Stoner conquistou em 2007 o único título da Ducati na MotoGP
Casey Stoner conquistou em 2007 o único título da Ducati na MotoGP
Foto: Ducati / Grande Prêmio

QUARTARARO ENCARA EXÉRCITO VERMELHO PARA FAZER HISTÓRIA | GP às 10

Alberto Puig contestou o status de melhor moto do grid atribuído a Ducati. Na visão do chefe da Honda, é preciso ter em mente os campeonatos, algo que a casa de Bolonha só conseguiu conquistar uma vez, em 2007, ainda na era Casey Stoner.

A Ducati foi três vezes vice-campeã do Mundial de Pilotos nos últimos três anos, com Andrea Dovizioso sendo o rival mais forte de Marc Márquez. Em 2021, a marca italiana conta com um plantel estrelado, com Francesco Bagnaia ainda vivo na briga pelo título contra Fabio Quartararo. O francês, porém, vai para a antepenúltima etapa da temporada com 52 pontos de vantagem na classificação e a primeira chance de fechar o campeonato.

NA GARAGEM

Alberto Puig elogiou o trabalho da KTM com a base (Foto: Repsol)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Em um momento de maior dificuldade da Honda, especialmente por conta da condição física de Marc Márquez, Puig elogiou o trabalho da KTM com as categorias de base, mas aproveitou para alfinetar a Ducati.

"Hoje em dia, a verdade é que as políticas que, por exemplo, a KTM está fazendo, são muito dignas. Eles têm uma categoria de promoção e muitos bons pilotos saem de lá. Eles pegam eles e os colocam em suas equipes", comentou Puig em entrevista ao site espanhol Motorsport. "Mas não podemos nos precipitar. Temos de ver quem ganha e quanto ganha. A Ducati tem uma moto que todos dizem ser fantástica, mas o último Mundial quem ganhou foi Stoner e faz muito tempo", concluiu.

A MotoGP volta às pistas no próximo dia 24 de outubro para o GP do Feito na Itália e da Emília-Romanha, em Misano. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

MOTO3 FLERTA COM TRAGÉDIA EM AUSTIN E ATÉ PILOTOS SUGEREM MUDANÇAS | GP às 10

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade