5 eventos ao vivo

Bradl fura Honda e revela que substitui Marc Márquez até fim da temporada

O alemão afirmou que segue no posto do hexacampeão da Honda, que está focado na recuperação do braço direito, até o encerramento do campeonato

24 out 2020
12h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Stefan Bradl
Stefan Bradl
Foto: Repsol / Grande Prêmio

Stefan Bradl deixou um recado: vai ficar no lugar de Marc Márquez até o encerramento da temporada 2020. O alemão afirmou que o foco do espanhol é se recuperar totalmente da lesão no braço direito, confirmando antes da Honda que é presença garantida nas três últimas etapas do calendário.

O hexacampeão da Honda está afastado das pistas desde a segunda corrida do campeonato. Na abertura, no GP da Espanha, sofreu forte queda quando escalava o pelotão e fraturou o úmero direito, passando por cirurgia. Pouco depois, quebrou a placa de titânio colocada para a recuperação e passou mais uma vez pela sala de cirurgia. Dessa vez, sossegou e tem se focado em melhorar.

Os rumores indicavam o retorno na rodada dupla de Aragão, mas logo foram descartados, assim como suas chances matemáticas de título. Então, ao falar em entrevista ao Servus TV, Stefan apontou que "vou terminar a temporada, percebi isso ontem. Não sei se posso dizer isso oficialmente, mas é um fato. Marc tem de se concentrar que tudo vai ficar bem."

Bradl diz que assume lugar de Marc Márquez até final de 2020
Bradl diz que assume lugar de Marc Márquez até final de 2020
Foto: Repsol / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

"Não acho que valha a pena para ele assumir o risco de tentar qualquer coisa. Ele tem de se sentir bem novamente. Enquanto isso há algum trabalho que me espera. Após as duas corridas em Valência vou para Jerez para um teste e depois para Portimão para a última etapa da temporada", completou.

Apesar das declarações de Stefan à TV, a Honda ainda não confirmou a configuração da equipe para as últimas etapas - duas em Valência, em 8 e 15 de novembro, e Portugal, em 22 de novembro.

A última aparição de Marc no paddock da MotoGP foi na etapa de Barcelona, quando fez rápida visita na quinta-feira. O espanhol admitiu que gostaria de "voltar amanhã", mas pregou cautela com o caso. Enquanto isso, posta vídeos nas redes sociais em que mostra sua torcida ao irmão Álex Márquez.

Sem a presença do espanhol, quem aparece na liderança da classificação é Joan Mir. Na segunda colocação vem Fabio Quartararo com apenas seis pontos de desvantagem. Bradl é apenas 21º com oito pontos.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP de Teruel, 12ª etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade