PUBLICIDADE

Bastianini diz que Ducati ofereceu "pacote completo", mas evita cravar permanência

Piloto da Gresini, equipe satélite da Ducati, revelou boa proposta para continuar no elenco de pilotos da fábrica italiana, mas afirmou que "condições certas" precisam existir

30 abr 2022 08h40
| atualizado às 08h49
ver comentários
Publicidade
Enea Bastianini
Enea Bastianini
Foto: Gresini / Grande Prêmio

CAMPEÃO X VETERANO: QUEM DEVE ORIENTAR EVOLUÇÃO DA YAMAHA NA MOTOGP?

Jack Miller tem contrato com a Ducati válido até o fim da atual temporada da MotoGP e, até agora, segue sem oferta da escuderia de Borgo Panigale para uma renovação do vínculo - o que abre espaço para rumores sobre possíveis substitutos do australiano. Dentre eles, estão Jorge Martín e Enea Bastianini, dois destaques entre os jovens talentos da marca de Bolonha. Perguntado sobre a preocupação de perder a hipotética vaga para o 'rival' de escuderia satélite, o italiano da Gresini rechaçou tal hipótese.

"Não me incomoda, estou focado no campeonato desta temporada. O certo é que a Ducati já me garantiu um pacote completo para o próximo ano, então já estou tranquilo desse lado", revelou 'The Bestia'.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Enea Bastianini faz parte do elenco de pilotos da Ducati (Foto: Divulgação/MotoGP)

Questionado se sua estadia no elenco de pilotos da Ducati deveria ser dada como certa, Bastianini explicou. "Ainda temos algumas coisas para conversar, mas me senti bem nesta moto. Por isso, seria uma pena sair, embora obviamente deva haver as condições certas", contou.

Em meio a indefinições - tanto do parceiro de Francesco Bagnaia na equipe de fábrica em 2023, quanto da permanência de 'Basti' no programa de pilotos da Ducati -, o piloto italiano direciona foco ao GP da Espanha da MotoGP, neste fim de semana. No último treino livre antes da classificação, o piloto da Gresini teve o sexto melhor e garantiu vaga direta no Q2.

PRÉVIA MOTOGP

"Estou com bons sentimentos. Na manhã de sexta, meu pulso doeu um pouco, mas à tarde tomei um analgésico e melhorou muito. Estou mais sereno, encontrei o ritmo muito rapidamente, por isso estou mais calmo. Em Portimão, fiquei um pouco mais alterado do que o habitual, por causa das condições, e fiquei nervoso", explicou.

A classificação da MotoGP para o GP da Espanha, em Jerez de la Frontera, acontece neste sábado (30). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da sexta etapa do Mundial de Motovelocidade 2022.

EUROPA X JAPÃO NA MOTOGP: CHEGOU A HORA DA REAÇÃO DAS GIGANTES YAMAHA, HONDA E SUZUKI?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade