PUBLICIDADE

Bagnaia vota em Miller, mas diz que Bastianini "está merecendo vaga" na Ducati em 2023

Italiano reforçou a boa relação que tem com o australiano e deixou claro que gostaria de seguir tendo-o como companheiro de equipe, mas frisou que a decisão é unicamente da Ducati

19 mai 2022 05h32
ver comentários
Publicidade
Bagnaia votou em Miller, mas reconheceu que a decisão é da Ducati
Bagnaia votou em Miller, mas reconheceu que a decisão é da Ducati
Foto: Ducati / Grande Prêmio

MOTOGP CUMPRE 1/3 DA TEMPORADA 2022 COM BASTIANINI E GRESINI EM EVIDÊNCIA

Francesco Bagnaia reconheceu que Enea Bastianini "esta merecendo a vaga" na equipe de fábrica da Ducati em 2023. O piloto de Torino, porém, manifestou o desejo de continuar a parceria com Jack Miller, que tem como companheiro de equipe desde 2019.

A casa de Bolonha prometeu definir em junho quem será o companheiro de Bagnaia, que já renovou o contrato até 2024. A disputa é interna e está entre Miller, o atual titular; Jorge Martín, que hoje corre pela Pramac; e Bastianini, que defende a Gresini.

O BRASIL EM DUAS RODAS

Francesco Bagnaia declarou que gostaria de seguir com Jack Miller como parceiro (Foto: Divulgação/MotoGP)

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP

Na teoria, os pilotos da Pramac seriam os primeiros da fila para uma eventual substituição na equipe de fábrica, mas Martín não faz um bom ano. Das sete corridas disputadas até aqui, o espanhol não completou quatro. Assim, ocupa a 15ª colocação no Mundial de Pilotos, 74 pontos atrás do líder Fabio Quartararo.

Bastianini, por outro lado, é o único piloto a ter repetido vitórias em 2022 e já soma três triunfos. O italiano é hoje terceiro colocado na disputada, com só oito pontos de atraso para o líder.

Falando à imprensa na França, Bagnaia reforçou a boa relação que tem com Miller e manifestou o desejo de continuar dividindo os boxes com o australiano. Francesco reconheceu, contudo, que esta é uma escolha que cabe à Ducati.

"É como eu disse, Jack é meu companheiro de equipe desde 2019 e eu o conheço muito bem", disse Pecco. "Então é normal que, se você tem de escolher um companheiro de equipe para compartilhar seu box, você quer o cara com quem conversa mais, com quem passa mais tempo", seguiu.

"Então, com certeza, ontem eu disse que Jack é uma das minhas primeiras opções, porque ele é um amigo, um bom companheiro de equipe, gosto de trabalhar com ele", elogiou. "Mas é uma coisa que a equipe tem de decidir", frisou.

Mesmo tendo uma preferência clara, Pecco ressaltou que sempre foi capaz de ter boas relações dentro dos boxes e admitiu que Bastianini tem feito por merecer o lugar.

"Então, se for Enea, se for Martín, para mim será a mesma coisa. Sempre tive uma boa relação com os meus companheiros de equipe", pontuou. "Acho que Enea está merecendo a vaga, pois, até Austin, ele foi muito competitivo, e hoje ele venceu", reconheceu.

A MotoGP volta às pistas no próximo dia 29 de maio para o GP da Itália, em Mugello, oitava etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade