PUBLICIDADE

Bagnaia se vê de volta à melhor forma e avisa: "Não podemos perder mais pontos"

Depois de vencer o GP da Espanha, italiano considerou que conseguiu voltar à boa forma do ano passado, mas avaliou que hora de recuperar pontos depois de ceder muito nas primeiras seis corridas de 2022

4 mai 2022 11h37
ver comentários
Publicidade
Francesco Bagnaia venceu a primeira em 2022
Francesco Bagnaia venceu a primeira em 2022
Foto: Divulgação/MotoGP / Grande Prêmio

SUZUKI DETONA BOMBA NA MOTOGP COM ANUNCIO DE SAÍDA EM 2022

Francesco Bagnaia reconheceu que não pode se dar ao luxo de perder mais pontos na temporada 2022 da MotoGP. Vindo de vitória no GP da Espanha, o piloto da Ducati avaliou que está de volta à melhor forma e considerou que é hora de recuperar terreno no Mundial de Pilotos.

Passadas as seis primeiras corridas da temporada, Pecco soma 56 pontos, 33 a menos do que Fabio Quartararo, o líder do campeonato. O italiano de Torino tem a quinta colocação na disputa.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP

Francesco Bagnaia avaliou que reencontrou a boa forma e tem de recuperar pontos (Foto: Divulgação/MotoGP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Vice-campeão do ano passado, Bagnaia entrou em 2022 como favorito ao título, mas sofreu para encontrar performance no início do ano, já que tardou a se entender com a GP22, a versão mais nova da Desmosedici da Ducati. Agora, o #63 espera manter a boa forma para seguir adiante recuperando pontos na classificação.

"Com certeza, eu estava mais otimista nos testes. Mas quando chegamos na primeira corrida, a realidade foi um pouco diferente", assumiu Francesco. "Comecei a ter um pouco de dificuldade. Acho que fizemos uma coisa boa ao pararmos de tentar adaptar a moto a mim. Ao invés disso, deixamos a moto rodar e, com certeza, esta moto precisa de um estilo de pilotagem diferente. Agora, eu posso ser ainda mais rápido no meio da curva", seguiu.

"Mas, finalmente, acho que estou de volta à minha melhor forma, como estava no ano passado, e gostaria de continuar assim daqui para a frente", comentou. "Não podemos perder mais pontos, pois depois de seis corridas, já estou 33 pontos atrás. Quero começar a recuperar um pouco", encerrou.

A MotoGP volta às pistas no próximo dia 15 de maio para o GP da França, em Le Mans, sétima etapa da temporada 2022. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

CAMPEÃO X VETERANO: QUEM DEVE ORIENTAR EVOLUÇÃO DA YAMAHA NA MOTOGP?

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.
Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade