PUBLICIDADE

Bagnaia lamenta perda de título, mas vê lado positivo: "Foi tudo melhor que 2020"

Francesco Bagnaia caiu no GP da Emília-Romanha e viu Fabio Quartararo conquistar antecipadamente o título da MotoGP. Mesmo assim, o italiano ainda conseguiu destacar a campanha desta temporada e apontou onde perdeu o campeonato

27 out 2021 10h35
ver comentários
Publicidade
Francesco Bagnaia saiu da briga pelo título na última etapa
Francesco Bagnaia saiu da briga pelo título na última etapa
Foto: Ducati / Grande Prêmio

QUARTARARO DEIXA FALHAS PARA TRÁS E CONQUISTA TÍTULO INCONTESTÁVEL | GP às 10

Francesco Bagnaia chegou à MotoGP em 2019, após conquistar o título da Moto2 de maneira incontestável. Os dois primeiros anos, correndo pela Pramac, foram difíceis, com lento aprendizado da moto e até lesões. Neste ano, ganhou uma grande oportunidade na equipe de fábrica da Ducati, onde brigou pelo título até o GP da Emília-Romanha, no último fim de semana.

Quando liderava a etapa em Misano, e adiatava a decisão do título, Bagnaia perdeu o controle na curva 15 e abandonou. Com o resultado, viu o rival Fabio Quartararo conquistar antecipadamente a MotoGP em 2021 e fazer uma grande festa. Apesar do resultado negativo na Emília-Romanha, o piloto da Ducati tentou ver o lado positivo da situação.

"No ano passado, terminei o campeonato em 16º e, tirando duas corridas, fiquei bem para trás. Acho que este ano não era para vencer o campeonato, mas para aprender. E tudo foi melhor que o ano passado, então me sinto bem, me sinto incrível com a equipe e com a moto. Fizemos um grande trabalho e precisamos ficar felizes porque agora estamos em segundo lugar no campeonato", afirmou Pecco.

Francesco Bagnaia perdeu o controle da moto na curva 15 (Foto: Ducati)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

"Não acho que devemos ficar bravos porque perdemos este campeonato, pois esse não era nosso objetivo principal no ano. Aprendi muito nas últimas corridas, sempre no topo e brigando por vitórias. É um incrível passo em relação ao que fizemos no início da temporada, precisamos comemorar", completou.

Questionado sobre onde perdeu o campeonato, Bagnaia evitou colocar a culpa em uma só corrida, especialmente no último fim de semana, quando caiu na liderança do GP da Emília-Romanha.

"Acho que perdemos tudo em Mugello, quando eu caí enquanto liderava, mas não estava tão concentrado [depois da motor de Jason Dupasquier, da Moto3]. Na Áustria, coloquei um pneu que não funcionava, assim como em Silverstone. Perdi o campeonato nessas três corridas", disse o italiano.

"Para o próximo ano, vou aprender com meus erros e sempre tentar estar no topo, como nas últimas corridas", finalizou.

🏆 Quartararo renasce após derrota dolorida e conquista merecido título na MotoGP 2021

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade