PUBLICIDADE

Atual campeão, Mir se vê fora da briga pelo bi da MotoGP: "O campeonato se foi"

Joan Mir não conseguiu a esperada recuperação no GP de San Marino, ficou apenas em sexto e viu os rivais no pódio. Por isso, acredita que o segundo título na MotoGP ficou praticamente impossível

20 set 2021 04h17
ver comentários
Publicidade
Joan Mir terminou a corrida na sexta posição
Joan Mir terminou a corrida na sexta posição
Foto: Suzuki / Grande Prêmio

Joan Mir não foi bem no GP de San Marino. Depois da classificação ruim, partindo apenas em 11º, o espanhol não fez a esperada prova de recuperação e fechou a corrida em Misano no modesto sexto lugar. Para piorar, viu os dois rivais na briga pelo título conquistarem as duas primeiras posições. Por isso, jogou a toalha na disputa.

O atual campeão da MotoGP segue na terceira posição na tabela, agora com 167 pontos, enquanto Bagnaia tem 186 e Quartararo aparece na frente, com 234. Mir admitiu que a distância ficou muito grande, mesmo com quatro etapas para o fim do campeonato.

"O campeonato já se foi. Me custa dizer e assumir, mas é assim. Com Pecco [Bagnaia], vou brigar pelo vice. Será o mais fácil que podemos tentar, mas queríamos mais. O pacote Bagnaia e Ducati é o mais forte agora, mas restam quatro corridas e vamos tentar até o fim", disse o espanhol.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Joan Mir se vê bem distante do título nas últimas corridas do ano (Foto: Suzuki)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

"Tenho a sensação de que neste ano fiz de tudo que posso. Espero que minha melhor versão chegue antes de acabar a temporada. Se não, que apareça no começo do próximo ano", completou.

Mir ainda analisou a corrida em Misano, que terminou com uma punição após a bandeirada por exceder os limites de pista, relegando-o para sexto.

"Foi um dia muito difícil, esperava mais. Coloquei o pneu dianteiro que não era o adequado e isso me custou toda a corrida. Fomos rápidos no fim, mas não bastou. Vamos melhor na próxima corrida", finalizou.

A MotoGP volta às pistas no próximo dia 3 de outubro para o GP das Américas, em Austin, no Texas. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade