2 eventos ao vivo

Medina brilha e três brasileiros avançam em Jeffreys Bay

15 jul 2017
11h21
atualizado às 11h21
  • separator
  • comentários

Depois de três adiamentos, a World Surf League (WSL) finalmente liberou e os surfistas caíram no mar na etapa de Jeffreys Bay do Circuito Mundial. O Brasil teve nove representantes na primeira rodada deste sábado e apenas três avançaram direto: Gabriel Medina, Mineirinho e Ítalo Ferreira.

O primeiro brasileiro a avançar ao round 3 foi Adriano de Souza. Campeão mundial de 2015, Mineirinho aproveitou a experiência no pico sul-africano e superou o compatriota Jadson André e o português Frederico Morais. O surfista somou 13.83, contra 13.73 do europeu.

Outro destaque nacional foi Gabriel Medina. Primeiro brasileiro a conquistar o título mundial, Medina teve grande apresentação e avançou com folga. A bateria que contou com Medina, Kennedy e o também brasileiro Caio Ibelli teve a segunda melhor média do dia, com 7,13. Medina recebeu nota 10 de três jurados e fechou com 18.83 pontos.

A sétima bateria do dia colocou Ítalo Ferreira contra Leonardo Fioravanti e Kolohe Andino. Com ondas baixas, a bateria não teve tanta emoção, mas o brasileiro conseguiu avançar com 15.27 contra 11.24 de Fioravanti.

Atual campeão mundial, John John Florence também avançou direto em Jeffreys Bay, após bela apresentação. O havaiano somou 19.37 dos 20 pontos em jogo e superou Staples e Ian Gouveia. O lendário Kelly Slater avançou em uma bateria super emocionante, que contou com a presença de Julian Wilson. Slater avançou com 16.27 contra 15.84 de Wilson.

O Brasil terá seis representantes na repescagem em Jeffreys Bay: Filipe Todelo, Ian Gouveia, Wiggolly Dantas, Miguel Pupo, Jadson André e Caio Ibelli. A primeira bateria da repescagem acontece na madrugada deste domingo, às 02h15 (de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade