1 evento ao vivo
MMA

Em ascensão, brasileiro vence luta dura no UFC e se emociona

17 ago 2013
20h49
atualizado em 18/8/2013 às 01h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O cearense Diego Brandão provou neste sábado que realmente tem potencial para se posicionar entre os principais nomes dos pesos penas no Ultimate Fighting Championship (UFC). Afinal, ele venceu o americano Daniel Pineda em uma luta dura e conquistou seu terceiro triunfo consecutivo pela organização. Ainda no octógono, Brandão se emocionou e até chorou de alegria por causa do resultado. 

Em 2011, Brandão foi o primeiro brasileiro a vencer uma versão do reality show The Ultimate Fighter (TUF), nos Estados Unidos. Depois disso ele teve uma derrota, mas se recuperou para vencer Joey Gambino, Pablo Garza e agora Pineda. Certamente o próximo adversário do cearense de 26 será mais duro, para que ele prove seu real status entre os pesos penas do UFC.

Brandão e Pineda mostraram muita agressividado no começo da luta, partindo com gás total para definir o combate. O brasileiro foi mais efetivo no primeiro round e chegou perto da vitória por nocaute, mas percebeu que tinha um adversário duro pela frente.

"Te amo, mainha", berrou Diego
"Te amo, mainha", berrou Diego
Foto: Getty Images

Pineda equilibrou melhor o combate na sequência, até porque a luta foi para o chão. Brandão tentou aplicar algumas chaves de perna, mas também sofreu socos e coteveladas quando ficou por baixo.

No terceiro assalto toda a intensidade do começo cobrou a conta. Os dois ficaram cansados e várias vezes ficaram no chão aplicando poucos golpes. Mas Brandão pelo menos foi superior ao derrubar o americano e por isso conseguiu a vitória por pontos.

Entrevistado ainda no octógono, com lágrimas e ferimentos no rosto, o brasileiro mandou um recado para a família e depois explicou a queda de produção no fim: "Te amo, 'mainha'! Fiquei um pouco cansado, porque a luta foi em cima e em baixo, com quedas, mas a gente sempre treina para cinco rounds", contou.

Veja como foram as outras lutas do card preliminar:

Michael McDonald finaliza Brad Pickett no segundo round
Essa luta já era vista com expectativa, por causa do estilo agressivo dos atletas. E no octógono eles não decepcionaram: logo no primeiro minuto, já partiram para a trocação franca de golpes, em que McDonald foi melhor com sobras. Pickett apanhou, ficou atordoado e caiu, mas conseguiu resistir até o final do primeiro round.

No segundo round até houve uma aparente mudança no ritmo da luta, com mais equilíbrio, mas McDonald provou ser superior também na luta de chão. Ele encaixou um triângulo perfeito em Pickett, chegou a rodá-lo com o golpe aplicado e o sufocou até sua vitória ser decretada.

Conor McGregor derrota Max Holloway por decisão unânime dos jurados
Desde o começo, o irlandês mostrou que era muito superior, já que acertou a maioria dos golpes que tentou e fez até algumas acrobacias, como uma cambalhota e um chute voador. Holloway até melhorou no segundo round, mas McGregor mostrou que também sabe se defender. No último assalto houve mais luta no chão, mas nem isso foi suficiente para mudar o vencedor, que já estava claro: McGregor, sem dúvidas.

<p>Único irlandês do UFC contou com torcida em Boston</p>
Único irlandês do UFC contou com torcida em Boston
Foto: Getty Images

Steven Siler nocauteou Mike Brown no primeiro round
Disposto a lutar em pé, Brown até tomou as primeiras atitudes na luta, mas foi surpreendido por um golpe de esquerda e caiu. Siler aproveitou a oportunidade e partiu para cima até encaixar outro soco contundente, que deixou Brown desacordado e obrigou o juiz a decretar o nocaute.

<p>Gamburyan contou com a ajuda da campeã Ronda na beira do octógono</p>
Gamburyan contou com a ajuda da campeã Ronda na beira do octógono
Foto: Getty Images
Manny Gamburyan derrota Cole Miller por decisão unânime dos jurados
Os dois fizeram uma luta equilibrada e morna que durou três rounds. Mas Gamburyan se destacou porque foi quem mais atacou e acertou mais golpes. Ele também derrubou Miller diversas vezes e não houve dúvida no final: com domínio nos três rounds, Gamburyan saiu como vencedor por pontos

Ovince St. Preux nocauteia Cody Donovan no primeiro round
Donovan até começou melhor, mais ativo e buscando o combate. Mas St. Preux mostrou sua qualidade, com socos que deixaram o adversário atordoado. Até que, com cerca de dois minutos de luta, ele enfim conseguiu o nocaute com três ganchos certeiros em Donovan.

James Vick finaliza Ramsey Nijem no primeiro round
A primeira luta da noite durou menos de um minuto. Nijem arriscou alguns chutes e certamente queria lutar em pé. Mas sua deficiência no jogo de chão logo apareceu, já que Vick o derrubou e finalizou com uma guilhotina rapidamente.

Veja também:

As campanhas mais polêmicas do futebol brasileiro
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade