0

Ketleyn Quadros conquista bronze para o judô brasileiro no Grand Slam de Abu Dabi

Foi a quarta medalha da judoca brasileira em competições do tipo em 2019

25 out 2019
15h32
atualizado às 16h47
  • separator
  • 0
  • comentários

O judô brasileiro subiu ao pódio nesta sexta-feira no Grand Slam de Abu Dabi, segundo dia da competição. Ketleyn Quadros (63kg) assegurou o bronze, o primeiro do País no evento, ao vencer a mexicana Prisca Awiti Alcaraz na luta pela medalha, repetindo o resultado alcançado na edição de 2016 da competição.

Ketleyn competiu em Abu Dabi embalada pelo título do Grand Slam de Brasília. E conseguiu ganhar as suas duas primeiras lutas por ippon, contra a norte-americana Hannah Martin e a austríaca Kathrin Unterwurzacher. Nas quartas de final, teve pela frente a campeã olímpica Tina Trstenjak, da Eslovênia, e levou três punições, uma a mais do que a rival, indo para a repescagem, enquanto a sua rival conquistou posteriormente o ouro.

A rival seguinte de Ketleyn foi a francesa Edwige Gwend. E, apesar de ter levado duas punições, a brasileira conseguiu a vitória ao aplicar um ippon. Depois, contra a judoca do México, aplicou novo ippon para garantir a sua presença no pódio.

"Fico muito feliz por mais uma conquista, mais um passo nessa corrida pela vaga olímpica. Isso mostra o trabalho que está sendo feito, e eu agradeço muito aos treinamentos com a Confederação Brasileira de Judô e a Sogipa. Sei que ainda tenho muito pela frente e vou continuar trabalhando firme", disse Ketleyn, que faturou sua quarta medalha em 2019, pois antes havia sido prata no Grand Prix de Budapeste e bronze no Aberto Europeu de Oberwart.

Além de Ketleyn, outros cinco brasileiros competiram nesta sexta-feira em Abu Dabi. Marcelo Contini (73kg) venceu o filipino Keisei Nakano na primeira rodada e foi superado pelo russo Denis Iartcev por ippon na segunda rodada. João Pedro Macedo (81kg) caiu nas oitavas de final para o turco Vedat Albayrak. Maria Portela (70kg) perdeu na estreia para a espanhola Sara Rodriguez nas penalidades, assim como David Lima (73kg) caiu para Salvador Cases Roca, também da Espanha, por ippon, e Leandro Guilheiro (81kg) para o sul-coreano Seungsu Lee nas penalidades.

Neste sábado, no último dia do Grand Slam de Abu Dabi, Maria Suelen Altheman (+78kg) vai estrear contra a holandesa Tessie Savelkouls e Rafael Buzacarini (100kg) terá pela frente o austríaco Aaron Fara.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade