2 eventos ao vivo

'Cortes de peso desgastam o corpo e eu estou ficando mais velha', diz Jessica Andrade

Brasileira estreia na categoria peso-mosca (até 57kg) contra Katlyn Chookagian

17 out 2020
07h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Ex-campeã da categoria peso-palha do UFC, Jessica Andrade aposta em mudanças para voltar a ostentar um título da organização. Agora, ela vai encarar novos desafios na divisão dos moscas (até 57kg). Seu primeiro confronto será contra a atual número 1 do ranking, a americana Katlyn Chookagian, neste sábado, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi.

Segundo a brasileira, entrar em uma nova divisão significa garantir novas chances de brigar por um título. Além disso, antes o seu corte de peso era até 52,2kg e a mudança nos números da balança pode ajudar na sua preparação. "Eu conversei com o Mestre Paraná (treinador da Jessica) sobre a gente fazer uma luta no peso-mosca, pois eu já vinha de duas preparações pesadas na outra categoria, com grandes cortes de peso. Isso desgasta muito o corpo e eu estou ficando mais velha, preciso pensar em outras coisas", conta a lutadora.

Jessica também afirma que lutar na categoria peso-palha não é algo definitivo e pretende mostrar que está disponível para a organização. "A gente está flutuando. Eu falei com o UFC que eu lutaria onde estivessem precisando de mim, tipo super-herói. Além disso, lutar no peso-mosca é ficar perto do cinturão de novo, ainda mais estreando contra a líder do ranking. Quero mostrar que estou aqui para o que der e vier."

Questionada sobre a preparação, 'Bate-Estaca' comenta que se preocupou muito com o peso durante a semana. "E tem uma diferença boa do 52 para o 57. Para essa luta eu pude comer, treinar mais forte, usar cargas mais altas de peso. Fisicamente, o treinador olhou para mim e disse que eu estava do mesmo jeito, mas que a parte de trocação e ground and pound estava muito mais forte do que todas as outras vezes."

"Acredito que conquistando essa vitória eu já me aproximo do cinturão, até pela história que fiz no peso-palha. Penso que o UFC vá me dar a Valentina Shevchenko ou uma outra oponente até a Valentina lutar contra a Jennifer Maia, que deve ser a próxima. Vencer a Katlyn pode me colocar no topo do ranking, como foi no peso-palha", complementa Jessica.

Essa é a segunda vez que a brasileira entra no octógono da Ilha da Luta. Considerando que já está adaptada, ela promete mudanças. "Vocês vão ver uma Jessica mais forte nessa luta. Mais estruturada. Vai ser uma luta bem diferente", afirma. No local ela encarou uma revanche com Rose Namajunas e foi derrotada por decisão dividida em julho deste ano. Já Chookagian vem de vitória sobre Antonina Shevchenko, em maio.

Confira o card do evento:

UFC Ortega x Zumbi Coreano

17 de outubro de 2020, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi

CARD PRINCIPAL (20h, horário de Brasília):

Peso-pena: Brian Ortega x Chan Sung Jung

Peso-mosca: Katlyn Chookagian x Jéssica Bate-Estaca

Peso-meio-pesado: Jimmy Crute x Modestas Bukauskas

Peso-pena: Thomas Almeida x Jonathan Martinez

Peso-meio-médio: Cláudio Hannibal x James Krause

Peso-leve: Mateusz Gamrot x Guram Kutateladze

CARD PRELIMINAR (17h, horário de Brasília):

Peso-mosca: Poliana Botelho x Gillian Robertson

Peso-médio: Jun Yong Park x John Phillips

Peso-meio-pesado: Gadzhimurad Antigulov x Maxim Grishin

Peso-galo: Said Nurmagomedov x Mark Striegl

Peso-leve: Jamie Mullarkey x Fares Ziam

Peso-meio-médio: David Zawada x Adversário a ser anunciado

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade