PUBLICIDADE

Charles do Bronx reforça desejo por luta contra McGregor no Brasil e manda recado ao UFC

Brasileiro diz que só aceita enfrentar Islam Makhachev, adversário preferido do Ultimate, por muito dinheiro

6 jul 2022 - 09h39
Ver comentários

Desde sua vitória contra Justin Gaethje, em maio, Charles do Bronx não esconde de ninguém o seu desejo de enfrentar Conor McGregor para tentar recuperar o cinturão peso-leve. O UFC, no entanto, tem outros planos para o brasileiro e considera o russo Islam Makhachev o adversário ideal na briga pelo título da categoria.

Charles do Bronx abriu o jogo e citou possíveis duelos contra McGregor e Makhachev (Foto: Divulgação/UFC)
Charles do Bronx abriu o jogo e citou possíveis duelos contra McGregor e Makhachev (Foto: Divulgação/UFC)
Foto: Lance!

O cinturão peso-leve está livre justamente porque o brasileiro não bateu os 70,3kg exigidos por 200 gramas na pesagem antes de sua luta contra Gaethje. De Bronx, no entanto, manteve o direito de disputá-lo. Presente no UFC 276, em Las Vegas, no último sábado, ele foi questionado a respeito de seus próximos passos e mais uma vez deixou claro quais são seus objetivos.

- Eu queria muito uma luta contra o Conor McGregor no Brasil em janeiro. Isso seria muito bom, e todos sabem que o meu interesse nessa luta é pelo dinheiro. Mas se o UFC quer tanto a minha luta contra o Islam Makhachev, que faça cair muito dinheiro na minha conta. Não importa o lugar, eu sou profissional e sou o campeão. Façam acontecer - exigiu De Bronx, em entrevista ao canal "Combate", acrescentando que abriria mão de entrar em ação nas suas datas preferidas:

- Eu gosto muito de lutar no começo e no fim do ano, e queria muito lutar em novembro ou dezembro. Mas se fosse mesmo nesse período, eu esperaria para lutar em janeiro no Brasil, porque faz muito tempo que eu não luto lá, e lutar lá, perto da minha família e dos fãs, seria muito bom -.

A grande fase do brasileiro é o motivo de tanta segurança. Aos 32 anos, ele é um dos grandes nomes do país no MMA profissional, com 33 vitórias e oito derrotas em seu cartel, e ostenta sequência de 11 vitórias seguidas.

Lance!
Publicidade
Publicidade