PUBLICIDADE

Brasileira da Pitbull Brothers nocauteia na estreia da quarta temporada do Karate Combat

18 mai 2022 09h10
ver comentários
Publicidade

A quarta temporada do Karate Combat começou no último sábado, com emoções de sobra. Três das quatro lutas do card foram definidas por nocaute. A carateca cearense Sthefanie Oliveira, da Pitbull Brothers, foi um dos destaques ao vencer a experiente Fabiola Esquivel (México) pela via rápida no segundo round.

(Foto - Divulgação)
(Foto - Divulgação)
Foto: Lance!

No evento principal da noite, o norte-americano Ross Levine despachou o espanhol Igor de Castaneda e garantiu vaga como próximo desafiante ao título dos médios, atualmente em posse de Shahin Atamov (Azerbaijão).

Triunfo Brasileiro

Sthefanie iniciou o combate com boa movimentação e fechando a distância sistematicamente para evitar as boas variações de chutes da mexicana. A tática logo fez efeito, e ela acertou dois diretos de direita limpos no rosto da adversária durante o primeiro assalto.

Mostrando cansaço precoce, Fabiola foi encurralada contra a parede da arena desde o início da segunda parcial. A brasileira então abusou do volume de golpes até obrigar o árbitro a interromper a luta. Com isso, faturou a vitória por nocaute técnico faltando um segundo para o final.

"Me preparei muito para isso. Meu treinador (Everton Lopes) sempre me disse que não me vê de outra forma a não ser como campeã deste evento. O primeiro passo foi dado. Logo virão os próximos", disse Sthefanie.

Vaga garantida

Na luta principal da noite, Ross Levine foi dinâmico ao extremo para controlar o ímpeto característico de Igor de Castaneda. Variando chutes laterais e circulares, o norte-americano levou vantagem na maioria das ações. Perdido taticamente, o espanhol limitava-se a tentar golpes isolados e buscar os clinches.

No segundo round, Levine se esquivou de um direto e acertou bom uppercut em contragolpe. Castaneda sentiu e caiu com as costas na parede da arena. O norte-americano então desferiu um chute giratório de calcanhar que atingiu a fronte do oponente e garantiu o nocaute.

"Terei o campeão pela frente em breve. Isso representará um novo desafio, um novo quebra-cabeça. Mas garanto que estarei pronto. Agora vou para casa comemorar um pouco. Logo voltarei ao trabalho para trazer esse cinturão para os Estados Unidos", afirmou Levine.

Mais

Nos demais desafios da noite, o peso-leve russo Artur Gasanov venceu o francês Tommy Azouz por nocaute, com um chute giratório no queixo. Na mesma categoria, Lazar Kukulicic (Montenegro) dominou as três parciais e levou a melhor sobre o britânico Mitchell Thorpe na decisão unânime dos árbitros.

No Brasil, todos os episódios do Karate Combat podem ser assistidos grátis nas plataformas digitais da organização. O evento também é transmitido pelo canal Combate.

Lance!
Publicidade
Publicidade