1 evento ao vivo

Yuri minimiza gramado sintético no Chile e afirma: 'Vamos lá para vencer'

Titular do meio-campo do Fluminense, volante está ciente das dificuldades que o time vai enfrentar, mas confia no potencial da equipe para obter a classificação na Sul-Americana

14 fev 2020
16h13
  • separator
  • 0
  • comentários

O volante Yuri foi titular no clássico diante do Flamengo, mesmo com Hudson estando à disposição do técnico Odair Hellmann. A explicação por parte do treinador foi a manutenção do time, que tinha ido bem contra o Botafogo. A tendência portanto é de que o jogador seja mantido na equipe, na partida contra o Unión La Calera, terça-feira, no Chile, pela Copa Sul-Americana.

Yuri venceu a disputa com Hudson pela posição (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Yuri venceu a disputa com Hudson pela posição (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Foto: Lance!

Além do adversário, o Tricolor terá o gramado sintético do Estádio Municipal Nicolás Chahuán Nazar como um dificultador na partida. Vale lembrar que o primeiro jogo terminou em 1 a 1, obrigando o Fluminense a vencer ou empatar por dois ou mais gols. Apesar das adversidades, Yuri afirmou que o time tem condições de ganhar, desde que coloque em prática o que foi treinado.

- O grupo todo está ciente dessas dificuldades que vamos encontrar. Chegamos a conversar pela manhã e o time sabe que não podemos ficar pensando nisso. Vamos lá para buscar a vitória. Precisamos vencer, mas nosso time tem que entrar tranquilo, fazendo o que nós treinamos, temos muita chance de sair com um bom resultado. Sobre o gramado, eles estão mais acostumados que a gente. No jogo é tentar se adaptar o mais rápido possível.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Na avaliação de Yuri, o Fluminense precisa jogar da mesma forma que vem atuando, atacando o Unión La Calera, mas com inteligência para não levar gols.

- A gente tem que jogar do nosso jeito, buscando o jogo, como qualquer outro. O Fluminense entra querendo vencer, óbvio que com cuidado. Não vamos atacar de qualquer jeito, ainda mais em um gramado sintético. Então é a gente levar para o campo de jogo o que a gente treina, que a chance de dar bom só aumenta.

O jogo vai começar com o Unión La Calera tendo o resultado que lhe dá a classificação e isso pode acarretar em muita catimba do adversário. No entanto, Yuri minimizou essa situação, já que isso faz parte do futebol.

- Quanto a isso (cera), todos já estão acostumados. Tem muito isso no futebol. Time que está com o resultado faz catimba, cera e isso não é novidade para ninguém. A gente tem que estar mentalmente preparado para enfrentar isso. Temos que fazer nosso papel dentro de campo e buscar a classificação.

Fluminense enfrenta o Unión La Calera na terça-feira, às 19h15, com transmissão em tempo real do LANCE!. O Tricolor treina neste sábado no CT Carlos Castilho, seguindo para o Chile no domingo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade