0

Yuri aprova novo esquema e projeta reencontro com Diniz: 'Gratidão'

Titular do Fluminense, volante opina sobre o momento do clube, afirmando que faltou um pouco de sorte para o Tricolor no Campeonato Brasileiro

5 nov 2019
17h49
atualizado às 17h49
  • separator
  • 0
  • comentários

Responsável pela principal mudança tática do Fluminense, o volante Yuri está confirmado como titular na partida contra o São Paulo, quinta-feira, no Morumbi. A entrada do jogador deu mais poder de marcação ao time e liberdade para Ganso, que jogou mais próximo da área adversário.

Yuri vem tendo sequência no time tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Yuri vem tendo sequência no time tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Foto: Lance!

A nova formação rendeu elogios por parte dos torcedores, que aprovaram a atuação do Tricolor no clássico diante do Vasco. No entanto, o esquema tático não chega a ser uma novidade para a equipe. Yuri relembrou que o Fluminense já jogou dessa forma e acredita que assim, Ganso rende mais.

- Não chega a ser novo. Jogamos assim contra o Corinthians, na nossa vitória lá em Brasília. É algo que a gente estava preparado, de jogar com dois volantes. Isso dá um conforto para o Ganso, para ser um meia mais na frente, achando os passes, que com a qualidade dele, vai achar. Estávamos preparados para jogar assim.

Após a boa atuação do Vasco, a tendência é de que Marcão repita a escalação contra o São Paulo, partida que vai marcar o reencontro do Fluminense com o técnico Fernando Diniz. Yuri elogiou o antigo treinador, mas afirmou que o jogo será como outro qualquer.

- Eu tenho uma enorme gratidão por ele. Foi um cara que realmente acreditou em mim. Tenho um carinho enorme e quanto a jogar contra... é o futebol. Todo mundo está acostumado rever amigos do outro lado. Então vai ser normal.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

Com 31 pontos, o Fluminense ocupa a 17ª posição, dentro da zona de rebaixamento. Para Yuri, o Tricolor, pelo que jogou durante todo o Campeonato Brasileiro, não merecia estar nesta condição, afirmando que talvez tenha faltado sorte para a bola entrar.

- Tem a ver com isso, de não fazer os gols. Em vários jogos, a gente pressionou, mas acaba levando gols bobos. Não tem uma explicação clara, talvez seja muita falta de sorte, porque a gente jogava bem e perdia ou empatava. Jogos que eram bobos, mas não é por falta de vontade. Eu não consigo ter uma explicação, mas estamos trabalhando para melhorar isso.

Antes da "decisão" contra o São Paulo, o Fluminense ainda treina na manhã desta quarta-feira, no CT Carlos Castilho. Na sequência, viaja para São Paulo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade