2 eventos ao vivo
Logo do Vasco
Foto: terra

Vasco

Wellington pede que torcida acredite: 'Perdemos a luta, mas não a guerra'

Volante se desculpa com vascaínos que 'trabalham amanhã e compareceram' e diz que dedicação será total para trazer alegrias: 'Ninguém vai se esconder, aqui não tem moleque'

14 mar 2018
00h27
atualizado às 00h27
  • separator
  • comentários

A derrota na estreia, em casa, pode fazer a equipe desandar na Libertadores. Mas para o volante Wellington, nada está perdido. Ele garante aos torcedores que o time terá dedicação máxima para se resolver na competição e pede desculpas pela derrota.

Wellington - Vasco x La U
Wellington - Vasco x La U
Foto: Paulo Fernandes/ VASCO / LANCE!

- Festa da torcida foi linda, infelizmente eles saíram tristes e nós também. Não era o que queríamos, queríamos sair todos felizes. Muitos trabalharam hoje, vão trabalhar amanha e vieram nos apoiar, lotaram o caldeirão. Não conseguimos dar alegrias, mas vamos nos esforçar para isso - afirma Wellington, que faz um pedido e dá a cara a tapa.

- Pedir para torcida que não desacredite da gente, estamos nos dedicando. Às vezes a vitória não vem, mas ninguém vai se esconder, ninguém é moleque. Em nome do grupo, digo que a gente está firme. Perdemos a luta, mas não a guerra.

Os erros da primeira partida podem servir de aprendizado para buscar uma vitória fora de casa contra o Cruzeiro. Os mineiros também perderam na estreia e agora precisam buscar os três pontos.

- Ninguém gosta de sofrer gol. Temos que olhar onde erramos, foi um lance isolado. Primeiro olhar as nossas falhas, ter a tranquilidade e acreditar no proposito do Zé.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade