0

Wellington Paulista decide e Fortaleza supera Chapecoense

Resultado colocou o Leão do Pici próximo do G12 enquanto o time catarinense segue afundado na zona de rebaixamento

9 out 2019
22h42
atualizado às 22h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Em jogo complicado para a Chapecoense frente ao Fortaleza na Arena Castelão, o centroavante Wellington Paulista foi decisivo fazendo dois gols e constituindo importante vitória por 2 a 0 para as pretensões da equipe na Série A do Brasileirão.

O resultado colocou o time da capital cearense em 13° lugar com 28 pontos enquanto a Chape está em último lugar na tabela com apenas 15 unidades conquistadas.

POUCOS ESPAÇOS

Com o Fortaleza demonstrando não apenas mais atitude como também mais condições técnicas de ser o "senhor" da partida no volume de jogo, o grande problema do Tricolor do Pici era conseguir encontrar os espaços na compacta defesa da Chape. Tanto é que, até quase a metade da etapa inicial, apenas a batida de Romarinho em jogada individual limpando a marcação que forçou boa defesa de João Ricardo foi lance que efetivamente levou perigo ao gol catarinense.

ESTREMECEU!

Em grande passe dado por Wellington Paulista, Osvaldo apareceu em plenas condições de bater, mas acabou caprichando tanto em deslocar o arqueiro João Ricardo que, caprichosamente, a bola acertou a trave. Na volta, a bola passou bem perto do pé de Osvaldo, mas acabou saindo das proximidades da meta da Chapecoense.
O QUE FALTAVA

Se havia uma maneira perfeita do Fortaleza voltar para a etapa complementar era conseguindo furar rapidamente o bloqueio catarinense evitando que o nervosismo tomasse conta da equipe. Aos dois minutos, Romarinho passou a frente de Gustavo Campanharo e, ao cair, a arbitragem considerou pênalti sobre o atacante do Leão. Na batida, Wellington Paulista deslocou totalmente João Ricardo e fez a festa na Arena Castelão.

BOECK APARECEU

O Verdão do Oeste se viu obrigado a ser mais ofensivo e modificar a postura que até então implementava de ter suas linhas defensivas mais retraídas. E, em decorrência disso, o time começou a aparecer no ataque.

Na oportunidade de maior perigo aos donos da casa, aos 26, Roberto chutou no canto para defesa incrível de Marcelo Boeck onde, no rebote, Vini Locatelli bateu e Boeck apareceu novamente para uma incrível intervenção com o goleiro praticamente caído.

A GARANTIA DO ARTILHEIRO

Em momento onde o Fortaleza era mais pressionado, sem conseguir acionar sua jogada de contra-ataque para "desafogar", com 35 minutos Wellington Paulista recebeu o passe de Felipe na meia-lua e bateu deslocando João Ricardo.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 2 X 0 CHAPECOENSE

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data e hora: 09/10/2019 - 20h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (CBF-RJ)
Assistentes: Michael Correia e Luiz Carlos Regazone (Ambos CBF-RJ)
VAR: Grazianni Maciel Rocha (CBF-RJ)
Cartões amarelos: Quintero, Felipe, Wellington Paulista, Juninho (FOR); Márcio Araújo, Everaldo (CHA)
Cartões vermelhos:
Gols: Wellington Paulista (4' e 40'/2°T)

FORTALEZA: Marcelo Boeck; Tinga, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe, Juninho e Edinho; Romarinho (Mariano Vázquez, aos 9'/2°T), Osvaldo (Marlon, aos 28'/2°T) e Wellington Paulista (André Luis, aos 40'/2°T). Técnico: Rogério Ceni.

CHAPECOENSE: João Ricardo; Márcio Araújo, Douglas, Rafael Pereira e Roberto (Renato Kayzer, aos 40'/2°T); Elicarlos, Gustavo Campanharo (Vini Locatelli, aos 24'/2°T), Bruno Pacheco, Camilo e Régis (Arthur Gomes, aos 19'/2°T); Everaldo. Técnico: Ney Franco.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade