PUBLICIDADE

WarnerMedia será fundida pelo grupo Discovery: Entenda como isso afeta a TNT Sports

Grupo dono do novo "Esporte Interativo" será fundido pelos canais Discovery

17 mai 2021 20h40
| atualizado às 21h10
ver comentários
Publicidade

O New York Times noticiou nesta segunda-feira que a empresa telefônica AT&T, dona do WarnerMedia, está se desfazendo dos seus canais de TV para o grupo Discovery. Desta maneira, a TNT Sports, canal de esportes da WarnerMedia, passará a ser controlada por um novo grupo, o quarto dono da emissora no Brasil em nove anos.

Nova no mercado brasileiro, a TNT Sports, antigo Esporte Interativo, mudará de dono pela quarta vez em nove anos (Foto: Divulgação/TNT Sports)
Nova no mercado brasileiro, a TNT Sports, antigo Esporte Interativo, mudará de dono pela quarta vez em nove anos (Foto: Divulgação/TNT Sports)
Foto: Lance!

Os valores apresentados na negociação giram em torno de US$ 43 bilhões, cerca de R$ 226 milhões pela cotação atual. Assim, o acordo une duas gigantes do entretenimento, com o objetivo de expandir a força da companhia no formato streaming. A expectativa das empresas é que, com a fusão, o grupo Discovery, agora dono da segunda maior rede de mídia dos Estados Unidos, fature receitas de US$ 52 bilhões em 2023 e vire concorrente das plataformas Netflix e Disney.

Menos de três anos depois de adquirir a WarnerMedia, a AT&T se desfaz de um negócio que não deu certo e, agora, pretende voltar a exercer seu papel essencialmente ligado às telecomunicações. A negociação será concretizada até 2022 e a divisão para acionistas deverá ser de 71% para os atuais investidores da AT&T e 29% da Discovery.

Apesar de improvável, existe a possibilidade do TNT Sports passar novamente por um processo de mudança de marca, assim como ocorreu com o Esporte Interativo, que troca de dono pela terceira vez em quatro anos. Entretanto, a curto prazo, não haverá grandes mudanças. A Champions League, campeonato exibido no Brasil pelo TNT, seguirá sendo transmitida, uma vez que o contrato com a competição foi renovado até 2024. O Brasileirão segue o mesmo caminho.

O Discovery, todavia, não é uma empresa tradicional do ramo esportivo. Será uma das primeiras experimentações do grupo, que investiu em esportes na Europa, mas sempre manteve a modalidade no segundo plano, principalmente na América Latina.

A depender dos posicionamentos tomados pelo Discovery, no longo prazo, o TNT Sports pode ser comprometido.

Lance!
Publicidade
Publicidade