1 evento ao vivo

VP do Flamengo diz não aceitar críticas de pessoas ligadas à gestão Bandeira: 'Deveriam ter 'simancol''

Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico do clube da Gávea, mostrou-se indignado com publicação feita por Daniel Orlean, VP de marketing do Flamengo entre 2016 e 2018

2 dez 2020
13h11
atualizado às 13h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após a eliminação para o Racing, nos pênaltis, na Libertadores, o VP Geral e Jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, mostrou-se indignado com uma publicação feita por Daniel Orlean, que foi vice-presidente de marketing do clube entre 2016 e 2018. Segundo a publicação de Dunshee, a atual diretoria está aberta a ouvir todas as críticas da torcida, mas não de "pessoas da gestão passada, dos jogadores ruins e hiperinflacionados, milhões do Vinícius Júnior e da Globo jogados no lixo, de um só estadual, do banana". Veja as publicações.

Rodrigo Dunshee é o atual vice-presidente geral e jurídico do Flamengo (Foto: Divulgação Site)
Rodrigo Dunshee é o atual vice-presidente geral e jurídico do Flamengo (Foto: Divulgação Site)
Foto: Lance!

"Perder é muito ruim. Ver a destruição é péssimo", publicou Daniel Orlean na noite de terça-feira, após a eliminação do Flamengo na Libertadores. Na tarde desta quarta, Dunshee compartilhou o post com os seguintes comentários:

- Aceito todas as críticas da torcida.Vamos trabalhar consertar as falhas junto com esse grande elenco.O que não aceito sao pessoas da gestão passada,dos jogadores ruins e hiperinflacionados, milhões do VJr e da Globo jogados no lixo,1 só estadual, do banana..Esses não podem falar - escreveu, antes de seguir:

- Deveriam ter o mínimo de "simancol". Respeitar a instituição. Esses deveriam criticar internamente, não ficar torcendo contra esperando um deslize do time para atacar. Só lamento. Mas agradeço à torcida que sempre apoia e mesmo agora q critica, acredita que podemos acertar.

A gestão a que se refere Rodrigo Dunshee é a de Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo entre 2013 e 2018. Em seus dois mandatos, o grupo do ex-mandatário foi responsável pelo transformação financeira e administrativa que possibilitou o Flamengo alcançar receitas recordes nas últimas temporadas, o que, por outro lado, ajudou o time a alcançar os resultados esportivos em 2019, já na gestão do presidente Rodolfo Landim.

Vale ressaltar que, em 2013, muitos dos atuais integrantes da gestão de Landim faziam parte da Chapa Azul, encabeçada por Bandeira de Mello, incluindo o atual presidente Landim e os VPs Gustavo Oliveira e Luiz Eduardo Baptista, o Bap.

Rodrigo Dunshee, por sua vez, foi presidente do Conselho Deliberativo do Flamengo entre março de 2015 e 2018, até tornar-se vice-presidente geral na chapa de Rodolfo Landim, eleito presidente do Flamengo no fim de 2018.

Veja também:

Veja onde estão 24 andarilhos no futebol brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade