0

Volta por cima e afirmação: Varane se consolida como destaque da França

Zagueiro do Real Madrid é um dos melhores jogadores da equipe na Copa e superou o trauma da eliminação em 2014

12 jul 2018
18h03
  • separator
  • comentários

Categoria e segurança são duas das principais características de uma das mais importantes peças da França nessa Copa do Mundo: o zagueiro Raphaël Varane. Depois de quatro anos martelando o erro que eliminou a seleção do Mundial no Brasil, o jogador do Real Madrid se afirmou como um dos melhores do mundo e pode levar a equipe de Didier Deschamps ao segundo título da competição na história.

Em 4 de julho de 2014, no Maracanã, após uma falta pela esquerda, Toni Kroos levantou para a área e Hummels ganhou na subida de Varane, marcando o gol que classificou a Alemanha. Quatro anos depois, o defensor se redimiu depois de abrir o placar para a França contra o Uruguai, também nas quartas de final.

Consolidado como um dos melhores da Copa em sua posição, Varane nasceu em Lille e começou a carreira em 2000, na base do Hellemmes. Dois anos depois, juntou-se ao Lens. Em junho de 2011, foi apresentado pelo Real Madrid após indicação de Zinedine Zidane, então conselheiro de Florentino Pérez, presidente do Real Madrid.

Agora com 25 anos, Raphaël Varane é titular indiscutível no clube e na seleção. Filho de um enfermeiro de Martinica que foi para França nos anos 70 e de uma professora inglesa, ele ainda é formado em Ciências Econômicas.

- Eu atendi o telefone sem saber quem era. Eu continuei ouvindo porque reconheci sua voz, era Zinedine Zidane. Eu disse que não podia falar naquele momento porque estava estudando para o vestibular. Depois, as pessoas me disseram que eu estava louco porque ele estava tentando me contratar - disse Varane, à TV Real Madrid, no ano passado.

Na França, ele é conhecido como 'Mr. Clean' pela forma como joga. Convocado para a disputa da Eurocopa de 2016, o zagueiro acabou cortado por lesão na coxa e substituído por Adil Rami. Nesta Copa do Mundo, Varane soma seis jogos disputados e um gol. Foram quatro finalizações e um total de 276 passes completados. Ele ainda tem 42 bolas recuperadas e cometeu apenas duas faltas.

Neste domingo, Varane estará em campo para enfrentar a Croácia, na grande decisão da Copa do Mundo da Rússia, às 12h (de Brasília).

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade