2 eventos ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Volta ao Palmeiras ou enfim a saída? O significado da ação de Felipe Melo

Advogados do meio-campista entregaram notificação pedindo sua reintegração, mas pessoas ligadas ao clube e ao atleta veem este como um passo para definir sua saída do clube

11 ago 2017
07h04
  • separator
  • comentários

A notificação extrajudicial entregue pelos advogados de Felipe Melo ao Palmeiras pede a reintegração do jogador ao elenco, mas isto não significa que ele voltará a fazer parte dos planos no clube. Para pessoas ligadas tanto ao Verdão quanto ao meio-campista, este pode ser mais um passo para, enfim, definir-se a sua saída.

Vê-lo novamente em campo com a camisa do Palmeiras é algo improvável - o clube não pensa nesta hipótese e a situação também joga contra o atleta. A torcida reagiu de forma negativa pela ação, um dia após a eliminação na Libertadores. O jogador também já havia recebido críticas após o vazamento de um áudio em que chamava Cuca de mau caráter e revelava procuras de Corinthians, Flamengo, Inter, Atlético-MG, São Paulo e Grêmio. O Verdão diz que até o momento não recebeu contato oficial de nenhuma equipe pelo jogador.

Reintegrá-lo ao elenco profissional por obrigação, ao mesmo tempo que evitaria um processo no caso mais extremo, geraria uma repercussão com Cuca e até um desconforto para o camisa 30. Ele e o jogador não têm uma relação boa, e foi o técnico quem decidiu autorizá-lo a buscar uma nova equipe, decisão endossada pela diretoria apenas depois da aparição do áudio. Felipe Melo, em contrapartida, também já disse que não trabalharia mais com o comandante, bancado pela diretoria no cargo mesmo após a eliminação para o Barcelona (ECU), na quarta.

Por conta da relação complicada entre os dois, o camisa 30 tem treinado em horários alternativos e por isso entrou com a ação, alegando que não tem condições de trabalho iguais a de seus companheiros. A princípio, o cronograma está mantido.

O diretor de futebol Alexandre Mattos havia dito que não liberaria o jogador "facinho". Felipe foi sondado por times da Espanha, Turquia e o Inter, mas não houve avanços até agora. Depois desta notificação, a expectativa é de que as partes definam nos próximos dias qual o futuro do atleta, se ele será vendido, emprestado ou, em um caso mais extremo liberado, o que pode ocorrer se Felipe der sequência ao processo na Justiça.

O Palmeiras, procurado, não vai se pronunciar oficialmente sobre a notificação. Felipe também não comentou o assunto.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade