0

Vitor Bueno ainda remói gol perdido: 'Fiquei até com vergonha'

Titular em todas as partidas da temporada, atacante diz que é um dos culpados pela falta de gols e lembra da partida contra o Santo André, quando perdeu chance na pequena área

19 fev 2020
14h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Vitor Bueno diz que não fica ansioso por causa da dificuldade que o São Paulo vem apresentando para fazer gols - foram só seis em 116 finalizações nas seis partidas da temporada -, mas se considera um dos culpados pela ineficácia do ataque da equipe. A chance que ele perdeu na pequena área na derrota por 2 a 1 para o Santo André, após ótima trama coletiva, ainda não saiu da cabeça.

Vitor Bueno no vestiário do Morumbi antes de jogo do São Paulo - FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Vitor Bueno no vestiário do Morumbi antes de jogo do São Paulo - FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Foto: Lance!

- Não estou ficando nervoso na cara do gol. Acabou acontecendo um lance contra o Santo André, isolado, acho que nunca tinha feito isso. Fiquei até com vergonha, porque estava na cara do gol e a coisa mais difícil era ter chutado a bola para fora. Não falei isso para ninguém e não tenho que usar como desculpa, mas a bola acabou quicando e saindo do meu pé. Mas isso não tenho que falar, tenho que me cobrar, também sou responsável por essa falta de gols do São Paulo - disse o camisa 12, que ainda não balançou a rede neste ano.- Não é falta de sorte, não. Acho que a sorte tem muito a ver com o trabalho e nós estamos trabalhando. Uma hora ela vai começar a entrar novamente, os pontos vão vir e a tranquilidade e a confiança vão aumentar ainda mais - emendou.

Embora tenha jogado bem, o São Paulo não venceu as últimas três partidas do Paulistão, contra Novorizontino (1 a 1), Santo André (1 a 2) e Corinthians (0 a 0). A equipe segue aprimorando finalizações nos treinos para que o gol volte a sair já na partida de sábado, às 16h30, contra o Oeste, na Arena Barueri.

- Estamos treinando muito, trabalhando muito. Estamos fazendo a bola chegar lá na frente, estamos tendo chances. Queremos fazer o gol e acho que temos que ficar batendo nessa tecla. Uma hora a bola vai entrar, a chave vai virar, e aí o nível vai subir. O jogo que a gente vem fazendo está bom. Não estamos satisfeitos, mas está bom, porque estamos conseguindo chegar na cara do gol com clareza sempre. É começar a fazer os gols.

Veja também:

LANCE! mostra a classificação geral da era dos pontos corridos
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade