1 evento ao vivo

Veron entra em lista dos melhores jovens e se inspira em Dudu e CR7

Atacante de 17 anos do Palmeiras figura entre os 50 novos jogadores mais talentosos do mundo e coloca espírito de Dudu e determinação de Cristiano Ronaldo como modelos

1 abr 2020
11h32
atualizado às 11h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Campeão do Mundial sub-17 do ano passado, com a Seleção Brasileira, sendo eleito o craque da competição, Gabriel Veron acumula mais um prêmio agora. O jogador de 17 anos de idade apareceu em lista do Goal entre os 50 maiores jovens talentos do planeta na atualidade com menos de 19 anos, e indicou Dudu, seu colega no Palmeiras, e Cristiano Ronaldo como suas inspirações.

- Estou muito feliz. Estou vendo que o meu trabalho está dando certo. Sei que não está bom ainda, tenho que continuar trabalhando. Com muito trabalho e dedicação, eu vou chegar no meu maior objetivo que é jogar no mais alto nível do futebol - disse o atacante, em entrevista ao jornalista Tomás Rosolino, no portal da Goal, que lhe concedeu o prêmio.

Aos 17 anos de idade, Gabriel Veron foi eleito um dos 50 jovens talentos do mundo (Agência Palmeiras/Divulgação)
Aos 17 anos de idade, Gabriel Veron foi eleito um dos 50 jovens talentos do mundo (Agência Palmeiras/Divulgação)
Foto: Lance!

Veron enaltece ficar entre os 50 melhores jovens talentos do futebol mundial:

No elenco principal desde pouco depois de voltar do Mundial sub-17, Veron fez três jogos e dois gols no Palmeiras em 2019. Na atual temporada, acumula nove partidas, sendo seis pelo Campeonato Paulista, uma na Libertadores e outras duas na Florida Cup, torneio amistoso disputada na pré-temporada, nos Estados Unidos. Em dois anos, seus planos são ambiciosos.

- Trabalhar para estar no mais alto nível do futebol, é o maior objetivo de um jogador. Chegar na Seleção Brasileira principal. Chegar em um clube gigante. Eu estou em um clube gigante, que é o Palmeiras, mas chegar num clube gigante da Europa. E fazer sucesso lá também - falou, enaltecendo Dudu.

- Gosto muito do Dudu. O futebol dele, é muito guerreiro dentro de campo. Dá o máximo sempre, acho que isso é importantíssimo para um atleta - elogiou o camisa 21, dizendo que gostava do colega do Verdão desde antes de chegar ao clube, e afirmando ter a mentalidade determinada de Cristiano Ronaldo.

- Sempre dou o exemplo de ele querer bater os próprios recordes dele em todos os jogos, não importa qual seja o adversário ele quer se superar - afirmou, sem esconder o desejo de atuar na Europa, mas no futuro.

- Com certeza, qualquer jogador que está no Brasil sonha ir para a Europa novo. Mas quero ser um ídolo aqui. Com o Reinier (vendido pelo Flamengo ao Real Madrid no começo deste ano), eu peguei convocação com ele, mas os outros, não - comentou Gabriel Veron que, como os colegas do Palmeiras, recebeu férias coletivas a partir desta quarta-feira, em meio à pandemia do coronavírus - a princípio, o descanso continua até o dia 20.

Veja também:

DIÁRIO L! DA COPA DE 70: a repercussão da vitória da Seleção sobre os tchecos na estreia do mundial
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade