2 eventos ao vivo

Veja a situação dos jogadores que tinham contrato até o fim de 2020 no Fluminense

Luccas Claro acertou a renovação do vínculo nesta sexta e se junta a nomes como Nenê e Matheus Ferraz na lista do Tricolor

19 set 2020
06h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Visando uma manuteção do elenco futuramente e, principalmente, até o final do Campeonato Brasileiro em fevereiro de 2021, o Fluminense tem se movimentado para renovar os contratos de seus atletas. Nesta sexta-feira foi a vez do zagueiro Luccas Claro, com novo vínculo até dezembro de 2022. Hoje titular, as negociações com o jogador eram uma das prioridades do Tricolor, que agora volta as atenções para o volante Dodi.

Luccas Claro foi o último a acertar a situação contratual no Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Luccas Claro foi o último a acertar a situação contratual no Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Foto: Lance!

O caso do volante vem se arrastando desde a paralisação causada pela pandemia, antes mesmo de ele assumir a titularidade indiscutível no Fluminense. O presidente Mário Bittencourt deu o prazo para que Dodi e seu empresário decidam sobre a renovação até o final deste mês, mas as partes ainda estão negociando e, no momento, não há previsão de desfecho.

Outro titular é Hudson. O jogador é visto como importante dentro do elenco, tanto que é capitão em diversas partidas. O Fluminense quer renovar o empréstimo com ele até fevereiro, pelo menos para que termine o Brasileirão. O clube tem interesse em ampliar por mais tempo, mas depende do São Paulo para que isso avance. No entanto, nada mudou ainda no contrato do jogador.

Luccas Claro se junta ao meia Nenê, artilheiro do Brasil em 2020 com 17 gols, com novo contrato até dezembro de 2021, e o zagueiro Matheus Ferraz, com vínculo até junho de 2022. O atacante Wellington Silva foi outro que renovou até junho de 2021 com opção de extensão por mais um ano.

Agenciado por Eduardo Uram, o mesmo empresário de Evanilson, Yago Felipe, Danilo Barcelos e Egídio, Caio Paulista está lesionado atualmente. No entanto, ele acabou ficando para trás na fila do ataque. A última vez que entrou foi contra o Red Bull Bragantino, quando ficou só um minuto em campo. Fora isso, foi titular uma vez e vinha sendo utilizado nos últimos 15 minutos de partida, em média.

Fora dos planos do clube, o atacante Matheus Alessandro acertou com o Botafogo-SP até o final da Série B. Já Felippe Cardoso, que também havia sido liberado para encontrar outro clube, voltou a receber oportunidades com a carência no ataque tricolor. Portanto, ele passa por fase de observação. Com a chegada de Danilo Barcelos, o lateral-esquerdo Orinho perdeu ainda mais o espaço. Ele não é relacionado desde o dia 25 de agosto e não entra em campo desde julho, quando foi titular por conta da expulsão de Egídio no jogo anterior.

Veja também:

Editor do L! analisa os destaques e decepções do primeiro turno do Brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade