0

Vasco supera o Goiás e encara o Grêmio nas quartas da Copinha

Num jogo movimentado, Cruz-Maltino esteve atrás no placar em duas oportunidades. Vinícius, Caio Lopes, Luan e Arthur marcaram os gols do time de São Januário

16 jan 2020
21h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A caminhada do Vasco continua. O time do técnico Alexandre Grasseli venceu o Goiás por 4 a 2, nesta quinta-feira, num jogo movimentado no Estádio Coronel Francisco Vieira, em Itapira (SP), pela Copa São Paulo de Juniores. O time avança às quartas de final e enfrentará o Grêmio, reeditando a final da Copa RS disputada no mês passado.

Luan, de frente, foi o autor do gol que colocou o Vasco à frente na partida desta quinta (Reprodução / Globoesporte)
Luan, de frente, foi o autor do gol que colocou o Vasco à frente na partida desta quinta (Reprodução / Globoesporte)
Foto: Lance!

O placar foi aberto quando João Lucas foi lançado aos 11 minutos, aproveitou o vazio entre a zaga e o goleiro e pressionou. Fintelman tentou chutar, a bola bateu no atacante do time goiano e entrou. Goiás 1 a 0. Mas o Vasco também atacava. Juninho chutou forte, aos 16 minutos, e o goleiro do Goiás defendeu. Aos 19, novo chute de longe e, desta vez, Luys Felipe espalmou. Vinícius empatou a partida.

O Goiás voltou a ficar à frente no placar. Aos 26 minutos, o Esmeraldino avançou em velocidade pela esquerda, Marinho cruzou, a defesa bobeou e João Marcos converteu. Ainda no primeiro tempo, novo empate do Vasco. Vinícius lançou MT, que deixou o marcador no chão e rolou para Caio Lopes. O camisa 10 acertou um chute de raras felicidade e força, praticamente indefensável.

O segundo tempo seguiu animado, com o Vasco gerando mais perigo. Porém, a marcação do Goiás conseguia travar quase todas as finalizações e o Esmeraldino apostava nos contragolpes para assustar.

Aos 26 minutos, Luan, que havia entrado pouco antes, recebeu no pivô e chutou forte, ainda fora da área. Gol do atacante que perdeu pênalti na partida anterior. E quando o Goiás tentava empatar quase que no desespero, a defesa saiu jogando. Aos 49 minutos, Arthur decretou a classificação vascaína.

Veja também:

Pandemia tira a máscara do falso profissionalismo dos árbitros de futebol
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade