0

Vasco paga mês de maio e equaciona demais salários atrasados dos atletas

Pelo acordo interno do clube, não há mais débitos. Vencimento de junho se dá no próximo dia 20. Jogadores têm a receber vencimentos na carteira de trabalho e direitos de imagem

11 jul 2020
16h31
atualizado às 16h32
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Vasco deu um passo importante na tentativa de se estabilizar financeiramente. Na última sexta-feira, o clube anunciou o pagamento do mês de maio aos jogadores e, assim, pôde confirmar a negociação para parcelamento dos débitos anteriores: março, abril e direitos de imagem (somente parte do elenco recebe). Deste modo, os débitos do clube com os atletas estão equacionados.

Jogadores do Vasco tiveram parte dos salários pagos pelo clube (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Jogadores do Vasco tiveram parte dos salários pagos pelo clube (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: Lance!

Vale ressaltar que, por acordo interno antigo do clube, os vencimentos se dão no dia 20 de cada mês, de modo que junho ainda não venceu. Funcionários de diferentes departamentos seguem com atrasos nos pagamentos.

Confira a nota publicada no site oficial do Vasco:

"O Club de Regatas Vasco da Gama informa que repactuou 100% dos valores ainda devidos aos atletas do Departamento de Futebol Profissional, dando um importante passo para o reequilíbrio financeiro do Clube. Nesta sexta-feira (10/07), teve início a quitação da primeira parcela destes acordos, assim como foi realizado o pagamento integral do mês de maio.

O Clube agradece aos atletas, que, mais uma vez, demonstraram sua confiança na Diretoria Administrativa e comprovaram sua relação de parceria com o Clube, sendo fundamentais para a celebração desta operação financeira.

Vale lembrar que, diferentemente de vários clubes brasileiros, o Vasco da Gama optou por não reduzir os vencimentos dos jogadores em meio à pandemia da Covid-19, apesar dos reconhecidos prejuízos decorrentes da paralisação do futebol.

Para vencer as dificuldades agravadas pela atual circunstância, a Diretoria Administrativa conduziu um processo de reorganização das dívidas junto aos atletas do Futebol Profissional, com a repactuação dos salários devidos (março e abril de 2020), além de todo o passivo restante, incluindo os direitos de imagem."

Veja também:

Vai ter Dérbi! Editor do L! projeta final do Paulistão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade