Logo do

Fluminense

Meu time

Vai ficar: Caio Paulista renova com o Fluminense até o final de 2021

Jogador era o único com contrato até o último mês que ainda não havia resolvido a situação com o clube

2 mar 2021
17h41 atualizado às 19h01
0comentários
17h41 atualizado às 19h01
Publicidade

Não falta mais ninguém. O atacante Caio Paulista renovou o contrato com o Fluminense até o final de 2021, conforme anunciado pelo clube nesta terça-feira. O jogador, que teve passagem por Xerém, tinha vínculo apenas até o fim do mês passado, com o término do Campeonato Brasileiro.

Caio Paulista, durante partida pelo Fluminense no Brasileirão (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Caio Paulista, durante partida pelo Fluminense no Brasileirão (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Foto: Lance!

Caio era o último atleta que faltava para o Flu resolver a situação. Além dele, Hudson e Felippe Cardoso também estavam emprestados apenas até fevereiro e ambos retornaram aos seus clubes, São Paulo e Santos, respectivamente. O atacante de 22 anos pertence ao Tombense e, em janeiro do ano passado, assinou contrato por empréstimo.

- Fico muito feliz. Estou há um ano trabalhando com esse grupo maravilhoso, conquistamos muitas coisas, como a vaga para a Libertadores. Agora é um ano que vou trabalhar muito, me dedicar muito. Agradeço a Deus e a todos os meus companheiros, que sempre acreditaram em mim e sempre me ajudaram aqui dentro do clube. Estou muito motivado para a temporada 2021 - disse o atleta ao site oficial.

Em 2020, Caio Paulista atuou em 32 partidas, saindo do banco de reservas em 28 delas. Ele ainda marcou três gols, todos decisivos: um contra o Atlético-MG, em outubro, no empate por 1 a 1, outro na virada por 2 a 1 sobre o Internacional e o último já nos minutos finais contra o Coritiba, que garantiu o empate por 3 a 3. O jogador também deu uma assistência.

Em entrevista no último sábado, o presidente Mário Bittencourt já havia dito que o clube estava finalizando as conversas para ampliar o vínculo com Caio Paulista. O jogador teve uma passagem por Xerém quando era jovem, mas acabou sendo dispensado antes de virar profissional.

Lance!
Publicidade
Publicidade