1 evento ao vivo

Torrent detecta deficiência do Flamengo para corrigir em Goiânia

Rubro-Negro precisa corrigir aspecto tático para recuperar-se da derrota na estreia do Brasileirão; com voo fretado, elenco embarca para enfrentar o Atlético-GO nesta terça-feira

11 ago 2020
06h05
atualizado às 11h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Flamengo iniciou com o pé esquerdo no Campeonato Brasileiro. Atual campeão, o Rubro-Negro esteve longe de repetir as atuações pujantes da edição passada e, diante do Atlético-MG, no Maracanã, saiu derrotado. E críticas a Domènec Torrent já ecoam nas cornetas mais apressadas. O "direito de resposta" será dado nesta quarta-feira, contra outro Atlético... o Goianiense.

Domènec Torrent, de 58 anos, irá para o seu segundo jogo pelo Fla (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Domènec Torrent, de 58 anos, irá para o seu segundo jogo pelo Fla (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Foto: Lance!

E pronto. A coincidência do nome do rival é a única que o Flamengo espera encontrar no Estádio Olímpico, já que, além da primeira derrota do time principal em 2020 e de sair zerado no placar, o confronto com o Galo externou deficiências táticas, identificadas por Dome.

O novo técnico do Flamengo sublinhou a falta de ritmo de jogo, mas também apontou a falta de criatividade no segundo tempo, quando a equipe teve cinco atacantes e apenas Willian Arão como meio-campista (Arrascaeta, Everton Ribeiro e Gerson deram lugar a Pedro, Michael e Vitinho, respectivamente).

Dome deu a entender que o buraco ocasionado no meio, casual, fica de lição.

- Não tivemos as linhas compactas e isso temos que trabalhar muito melhor porque temos qualidade. Quando temos qualidade podemos trabalhar isso. Jogamos muito separados, com muita distância, não fomos compactos. Willian (Arão) jogou 80% do tempo sozinho no meio e quando isso acontece você tem problemas sempre - analisou.

- Quando jogamos no 4-4-2 ou 4-2-4 temos que jogar com dois meias no meio de campo, não podemos jogar só com um. Mas jogamos com cinco (atacantes) porque eles decidiram defender com cinco nos últimos 20 minutos. [...] Talvez seja culpa minha quando no segundo tempo estivemos totalmente desorganizados, tínhamos que jogar mais compactos e juntar as linhas, mas quando você está em uma grande equipe, os jogadores querem ganhar, ganhar e, às vezes, é melhor ter a bola e atacar no momento certo. Por isso eu digo que talvez seja minha culpa porque o treinador sempre pode organizar melhor o time completou - emendou Torrent.

Com uma semana de trabalho, o técnico catalão ainda realçou a cobrança interna por mais concentração para que a toada anterior seja mantida. A ver a postura coletiva neste dia 12.

PRÓXIMOS PASSOS

O duelo contra o Atlético-GO, que estreará no Brasileiro, será realizado às 20h30 desta quarta-feira, fora. O grupo principal treina nesta terça pela manhã no Ninho do Urubu e, em seguida, parte de voo fretado para Goiânia, onde ainda fará o já habitual treino de ativação na quarta (cedo, no dia do jogo).

Veja também:

Os maiores artilheiros estrangeiros da história do Vasco
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade