0

Torcedores do Cruzeiro protestam contra a diretoria em 40 cidades

O alvo da insatisfação dos cruzeirenses é a diretoria da Raposa, que vem sendo acusada de levar o clube à grave crise que vem acontecendo em 2019

15 set 2019
17h50
  • separator
  • 0
  • comentários

A fase do Cruzeiro dentro e principalmente fora de campo , em gerando procupação nos Cruzeirenses. E, em um movimento espontâneo, torcedores espalhados por mais de 40 cidades, entre elas Salvador (BA), João Pessoa (PB), Brasília (DF) e até Buenos Aires, na Argentina, fizeram um protesto pela atual fase do clube.

As manifestações tinham como principal alvo a diretoria do Cruzeiro, apontada como principal causadora da crise vivida pela Raposa, com acusações de irregularidades financeiras, que refletem diretamente dentro do campo.

Os torcedores pediam nas faixas a renúncia do presidente Wagner Pires de Sá, do vice de futebol, Itair Machado, e de Sérgio Nonato, diretor-geral. Também aconteceram menções ao presidente do Conselho Deliberativo, Zezé Perrella.

Torcedores da Raposa fizeram protestos em mais de 40 cidades- (Reprodução / Internet)
Torcedores da Raposa fizeram protestos em mais de 40 cidades- (Reprodução / Internet)
Foto: Lance!

O protesto teve a organização do grupo Redutos Celestes, que reúne torcedores que mora longe de Belo Horizonte e se mobilizam para para acompanhar as partidas do time fora da capital mineira.

-O Cruzeiro é maior que qualquer dirigente, e o objetivo do protesto é de apoiar a saída daqueles que não estão preocupados com o futuro do clube- disse Michel Augusto Rangel, um dos líderes do Redutos Celestes. O protesto teve eco até na Argentina.

-São necessárias mudanças urgentes no estatuto e nas formas de gestão, aplicando políticas e conceitos mais transparentes e modernos para sair da crise atual e prosperar nas próximas temporadas- disse Airon de Castro, integrante do Reduto Argentinazeiro .

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade