4 eventos ao vivo
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

Tite ressalta espírito da Seleção após goleada: 'Eles têm que competir, mas com lealdade'

Treinador do Brasil elogiou harmonia e espírito de equipe depois de começar trajetória nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 com goleada sobre a Bolívia

10 out 2020
00h39
atualizado às 00h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Goleada mas, acima de tudo, competitividade. Assim que Tite descreveu a vitória da Seleção Brasileira por 5 a 0 sobre a Bolívia nesta sexta-feira na Neo Química Arena, pela primeira rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Qatar. Após o duelo, o treinador elogiou a vontade de vencer e a harmonia do plantel.

Tite conseguiu mais uma vitória à frente da Seleção Brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Tite conseguiu mais uma vitória à frente da Seleção Brasileira (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Foto: Lance!

- Eles conseguiram em pouco tempo dar sinais de solidariedade. O Neymar deu um desarme em uma zona defensiva. O Coutinho posicionou em uma situação central. O Everton rompeu uma linha. Possivelmente se o Richarlison tivesse condições ele ajudaria também, foi um pouco preservado hoje. Os três goleiros estão em um nível muito alto, o Ederson no banco tem um espírito de equipe. Eles têm que competir, mas com lealdade. Esse espírito me agradou - afirmou.

Com o resultado, o Brasil se tornou líder das Eliminatórias. O saldo de gols é maior que o da Colômbia, que derrotou a Venezuela por 3 a 0. Diante de uma seleção que passa por problemas internos, Tite elogiou a atuação e explicou que o desempenho foi justificado pelos números da goleada.

- Há uma ideia e uma forma de jogar que nós temos. A bola sai de tiro de meta adversário e nós marcamos alto. É uma característica da equipe em manter a posse da bola. A média é 60% de posse de bola e 16 finalizações, em torno de 7 certas, no gol. Não adianta ter a bola e não chutar no gol. É preciso ter solidez defensiva. Não tomar gol faz parte de confiança da equipe e tudo isso se traduz em vencer. Um passo importante - analisou.

Neymar não fez gol, mas foi um dos jogadores mais participativos do duelo. Com duas assistências, participou de tramas de perigo com frequência. Ao ser perguntado se o fato de o camisa 10 não ter balançado as redes é bom ou ruim, Tite afirmou que isso deixa claro o espírito de equipe da Canarinho.

- Isso é equipe. É espírito de equipe, é futebol de conjunto. Que todos têm a responsabilidade de tomar a bola e criar. As vezes ele faz as assistências e proporciona os gols. Futebol é um esporte coletivo. O que importa é que ele fez um grande jogo. Gostaria que ele fizesse um gol? Gostaria. Mas também tiveram assistências, está ótimo - completou.

MAIS ASPAS DE TITE:

Ofensividade de Renan Lodi

- Essa situação é muito estratégia conforme o jogo se apresentar. Normalmente o Lodi é um jogador que sai mas não é tão agressivo assim no Atlético de Madrid. Hoje utilizamos muito avançado. O fato de ter ele de um lado e Cebolinha ou Rodrygo do outro te da abertura do campo. a bola chega em Neymar, Coutinho e Éverton Ribeiro no centro com mais facilidade. é abrir espaço para os jogadores. cada jogo tem suas características.

Mudanças táticas

- A gente busca estratégia e harmonia. O Neymar jogando em uma função mais solto, central. O Coutinho por dentro, o Firmino ficou um pouco na última linha, não voltou tanto para pegar a bola como faz no Liverpool, fez dois e poderia ter feito mais. Conforme o jogo exige a gente pode adaptar alguma característica.

Ciclo

- Não vou pegar etapas passadas, cada jogo tem sua história. A gente procura adaptar e buscar o melhor de cada adaptar. Que eles tenham a consciência do Marquinhos aqui. Foi bom e é uma construção longa. A vitória é longa e que a partir de amanhã a gente já começa a se preparar para a próxima partida.

Veja também:

Veja quem mais jogou na Copa do Brasil
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade