0

Thuler é o 14º caso positivo de Covid-19 da delegação do Flamengo no Equador

Zagueiro revelado no Ninho recebeu a notícia após contraprova. Ao todo, do grupo que viajou para solo equatoriano, 14 membros testaram positivo para o novo coronavírus

23 set 2020
18h42
atualizado às 18h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Flamengo convive um surto de Covid-19 desde a estadia no Equador, onde o clube esteve para dois jogos pela Libertadores. O caso mais recente, confirmado no início da noite desta quarta-feira, foi o de Thuler. O jovem zagueiro, que apresentava sintomas nas últimas horas, soube da notícia através da recente contraprova realizada pelo clube. Ao todo, são 14 casos positivos da delegação que esteve em solo equatoriano.

Thuler atuou a última partida na lateral direita (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Thuler atuou a última partida na lateral direita (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)
Foto: Lance!

Em Guayaquil, os jogadores Vitinho, Bruno Henrique, Michael, Diego Ribas, Isla, Filipe Luís e Matheuzinho foram diagnosticados com a Covid-19, além do Dr. Márcio Tannure (chefe do departamento médico do clube) e Juan, ex-zagueiro que integra o departamento de futebol. Todos passaram a fazer o isolamento, sendo que sete deles já retornaram ao Rio em voo fretado. A exceção foi Juan.

Os jogadores que testaram positivo antes do jogo contra o Barcelona (EQU) deixaram Guayaquil na mesmo aeronave que levou João Lucas, Natan, Guilherme Bala e Rodrigo Muniz às pressas para os jovens comporem o banco de reservas de última hora. Contudo, não havia espaço para todos, e Juan ficou no Equador. A expectativa é de que seu retorno aconteça até esta sexta-feira.

Já no Rio, nesta quarta, novos casos de infecção foram externados: Marcos Braz (vice-presidente de futebol), Gabriel Batista, Renê e Rodrigo Caio - o último, cabe destacar, ainda aguarda a contraprova. Além de Thuler.

Diante desse cenário, o Flamengo trabalha nos bastidores para que o jogo diante do Palmeiras, neste domingo, no Allianz Parque e pelo Campeonato Brasileiro, seja adiado. A CBF já foi abordada, e, agora, o Rubro-Negro aguarda uma resposta positiva da entidade.

Cabe destacar ainda que o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, salientou, nesta quarta-feira, ao programa "Seleção SporTV", que o fato do Flamengo ter 13 membros de sua delegação infectados com o novo coronavírus não é suficiente para que a partida válida pela décima segunda rodada do Brasileiro seja postergada (saiba mais aqui).

Veja também:

Veja as principais revelações que saíram do CT do São Paulo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade