12 eventos ao vivo

Técnico do Leicester lamenta tragédia com helicóptero

Segundo imprensa inglesa, dono do clube e sua filha estão entre as vítimas

28 out 2018
11h42
atualizado às 12h16
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico do Leicester, Claude Puel, lamentou profundamente a queda do helicóptero do presidente do clube, Vichai Srivaddhanaprabha, neste sábado (27), nos arredores do Estádio King Power após o empate entre os Foxes e o West Ham por 1 a 1. Segundo a "BBC" e a "Reuters", o tailandês e sua filha estavam na aeronave.

"É uma tragédia para o clube. Estou tremendamente triste. Meus pêsames às vítimas e suas famílias. Quero tranquilizar todas as pessoas que estavam preocupadas comigo. Estou tremendamente triste, mas estou bem", declarou o treinador.

Ainda segundo a agência de notícias, mais quatro pessoas, além do dono do Leicester, estavam na aeronave: uma filha de Srivaddhanaprabha, dois pilotos e uma pessoa cuja identidade ainda não foi identificada.

Helicóptero em chamas nos arredores do estádio do Leicester (Foto: Reprodução / Twitter)
Helicóptero em chamas nos arredores do estádio do Leicester (Foto: Reprodução / Twitter)
Foto: LANCE!

Em nota oficial divulgada na noite de sábado, o Leicester disse que está 'ajudando a polícia e os serviços de emergência diante deste grande incidente no estádio do clube'. O clube se pronunciará novamente 'assim que mais informações forem estabelecidas'.

Testemunhas afirmam que a aeronave aparentemente parou quase imediatamente ao decolar antes de cair no chão no estacionamento. É uma tradição do mandatário sair de helicóptero do círculo central do gramado do estádio em todas as partidas.

 

Nos jogos do time em casa, Srivaddhanaprabha costumava chegar e deixar o gramado de helicóptero, modelo AgustaWestland 169 e com capacidade para dez passageiros, segundo explicou o site de aviação "Planefinder".

O tailandês Vichai Srivaddhanaprabha comprou o Leicester em 2010. Na temporada 2015/16, o clube ganhou pela primeira vez o título da Premier League em um feito histórico. Ele também é dono da King Power, a maior operadora de lojas duty-free da Tailândia. Ele é o quinto homem mais rico do país e o 388º do mundo, com uma fortuna avaliada em 5 bilhões de dólares (R$ 18,2 bilhões).

Helicóptero do dono do Leicester, que caiu no último sábado (Foto: Reprodução / Twitter)
Helicóptero do dono do Leicester, que caiu no último sábado (Foto: Reprodução / Twitter)
Foto: Reprodução / Twitter / LANCE!

Torcedores prestam homenagens

Dezenas de pessoas foram neste domingo ao estádio King Power para deixar flores, velas e mensagens de apoio por conta do acidente.

"Está em nossos pensamentos" ou "Obrigado xxx", diziam alguns cartões deixados em um memorial improvisado perto das entradas 54 e 57 do estádio, que vem recebendo muitas flores e outros objetos ligados ao clube, como cachecóis azuis.

Um dos ídolos do Leicester, Matt Piper mandou mensagens de apoio. O ex-jogador afirmou estar no estádio no último sábado para acompanhar a partida e viu o presidente em um dos camarotes.

Torcedores do Leicester prestam homenagens
Torcedores do Leicester prestam homenagens
Foto: AFP/BEN STANSALL / LANCE!

"É o dia mais triste para o nosso clube, e estamos esperando as notícias agora e orando para que todos que estavam a bordo no helicóptero estejam bem. Nós só costumamos falar sobre as grandes coisas que o presidente fez pelo clube mas, no dia a dia dos jogos, ele e seu filho (Aiyawatt, vice-presidente do clube) davam tortas, cervejas, bolos, brindes, doces, camisetas - eles são um brilhante exemplo para os outros donos de clubes de futebol". declarou à emissora "Radio 5". Piper destacou ainda a "conexão que eles têm com a cidade de Leicester".

"Ele e seu filho e o império King Power apoiam caridades, hospitais. É realmente um dia triste se você é torcedor do Leicester e para toda a comunidade".

Veja também

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade