PUBLICIDADE

Técnico do Juventude diz que lado emocional é determinante para o duelo contra o Inter

Em entrevista coletiva, Marquinhos Santos projetou o duelo da semifinal

1 mai 2021 19h22
ver comentários
Publicidade

Com o duelo cada vez mais próximo, o treinador do Verdão, Marquinhos Santos, pede para a equipe ter, acima de tudo, controle emocional e saber competir contra a equipe Colorada.

Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude
Foto: Gabriel Tadiotto/E.C.Juventude
Foto: Lance!

"Nós temos que ter controle emocional do jogo e saber competir contra o Internacional, que o é favorito, pelo orçamento que tem, e pela manutenção de equipe da temporada passada. Mas estamos trabalhando bem a semana e esperamos fazer um jogo estratégico, um joguinho de xadrez dentro de um tabuleiro, onde as peças serão importantes para serem mexidas, para que possamos sair com uma com uma possibilidade no segundo jogo, onde tudo se define. Nenhum resultado que se tenha nesse primeiro jogo será determinante, é uma decisão de 180 minutos", afirmou o técnico.

Portanto, o treinador espera sair com um resultado positivo do Beira-RIo e saber decidir em Caxias.

Ambas as equipes já se enfrentaram neste ano, pela primeira rodada. No entanto, em uma fase diferente para cada clube. Aliás, será a primeira vez que duelaram com sua força máxima. Porém, o treinador não acredita que será uma prévia dos duelos pelo brasileirão.

"Acho que um início, até porque atletas que chegaram nas últimas semanas não puderam ser inscritos, por conta do período do Campeonato Gaúcho, e que vão, com certeza, estar integrando esta equipe na Série A. Então, acho que é um começo, não dá para se tirar parâmetro em relação, nesses dois jogos, para a Série A. O Brasileiro é uma constante, são 38 rodadas", finalizou o técnico do Papo.

Juventude e Internacional se enfrentam neste domingo às 16h, na primeira partida da semifinal do Gauchão.

Lance!
Publicidade
Publicidade