0

Técnico do Avaí lamenta mais um revés da equipe no BR-19

Evando explicou as decisões que tomou durante o jogo surpreender o Botafogo ao longo da partida

12 nov 2019
00h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Na noite desta segunda-feira, o Avaí conheceu a sua 25ª derrota no Campeonato Brasileiro ao ser superado pelo Botafogo e viu a sua situação contra a queda ficar ainda mais complicada, já que agora são 18 pontos de desvantagem para o Cruzeiro, primeiro time fora do Z4.Nos vestiários, o técnico Evando analisou a atuação do seu time e explicou as suas decisões ao longo da partida.

Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!
Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!
Foto: Lance!

'A gente tomou o gol no chutão. Futebol você tem que matar o adversário. O Cícero jogou a bola para frente, e o Ricardo cabeceou para trás. Nos organizamos, e o Botafogo não criou. Fiz uma mexida ousada no segundo tempo, e fomos para cima. Fizemos jogadas que podíamos terminar melhor as jogadas. Joguei para empatar. Tudo que tínhamos de solução tática eu fiz. Meu departamento médico está lotado. Alguma alternativa eu tinha que fazer. Com o Betão eu ganhava na bola aérea', afirmou.

Agora, o Avaí volta a campo na próxima segunda-feira, diante do Cruzeiro, no Mineirão. Se não vencer a equipe de Santa Catarina está rebaixada para a Série B.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade