PUBLICIDADE

Sturridge, ex-Liverpool, é processado por motivo bizarro nos Estados Unidos; entenda

Jogador apelou nas redes sociais clamando por ajuda para encontrar seu cão roubado. No entanto, não pagou a recompensa prometida ao homem que achou o cachorro

25 mai 2021 19h16
| atualizado às 19h48
ver comentários
Publicidade

Não foge do comum um jogador de futebol ser processado. No entanto, o caso de Daniel Sturridge, ex-Liverpool e Seleção da Inglaterra, supera os limites do inusitado. Em julho de 2019, o atacante teve sua casa em Los Angeles invadida por bandidos. Além de objetos de valor, os criminosos também levaram o cachorro do jogador. Em suas redes, ele apelou e prometeu recompensas a quem encontrasse o cão.

Sturridge pelo Liverpool (Reprodução/Instagram)
Sturridge pelo Liverpool (Reprodução/Instagram)
Foto: Lance!

- Alguém por favor ajude. Roubado no oeste de Hollywood ontem à noite às 23h30. Uma recompensa considerável será paga. Obrigado pela sua cooperação - escreveu Sturridge.

Além disso, em vídeo divulgado, o atacante afirma que gostaria apenas de ter seu cão de volta e pagaria acima de US$ 20 mil para quem o encontrasse.

- Quem trouxer meu cachorro de volta, 20 mil, direto para cima. Traga meu cachorro de volta para este endereço. Vou me mudar amanhã ou no dia seguinte. Quero meu cachorro de volta e pagarei o que for, não importa, não importa o custo. 20 ou 30 mil, traga meu cachorro de volta. Você não vai receber mais do que isso de qualquer maneira, e se for, me avise e eu pagarei mais do que eles. Eu quero meu cachorro de volta - disse.

Assim, um dia após a publicação do vídeo, Lucci, o cachorro do atacante, foi encontrado por um seguidor.

Quase dois anos após encontrar o cão, Foster Washington, seguidor que descobriu o paradeiro do cão, afirma que não recebeu a recompensa prometida por Sturridge. De acordo com o portal TMZ Sports, Washington entrou com processo requerendo cerca de US$ 37 mil do ex-Liverpool.

Lance!
Publicidade
Publicidade