1 evento ao vivo

STJD condena Jô a dois jogos de suspensão por ato hostil

Por maioria dos votos, órgão decidiu desqualificar a denúncia para o artigo 250 e punir o centroavante corintiano por duas partidas

14 set 2020
17h50
atualizado às 17h59
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva, na tarde desta segunda-feira, julgou o atacante Jô, do Corinthians, por conta de uma suposta agressão ao zagueiro Diego Costa, do São Paulo, em clássico que ocorreu no fim do último mês. Por maioria de votos, o órgão decidiu desclassificar a denúncia da procuradoria para "ato hostil" e puniu o centroavante corintiano com duas partidas.

Jô foi denunciado por praticar agressão física, infração prevista no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que geraria uma punição de quatro a 12 jogos, no entanto o relator do caso pediu a desclassificação para o artigo 250, que se refere a ato hostil, prevendo sanção de uma a quatro partidas.

Jô desfalcará o Corinthians por dois jogos no Brasileirão por conta de ato hostil (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Jô desfalcará o Corinthians por dois jogos no Brasileirão por conta de ato hostil (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: LANCE!

A denúncia e a desclassificação foram acolhidas por maioria dos votos, já que um dos votantes pediu a absolvição do atleta. Já a quantidade de jogos na punição também foi decidida por maioria de votos, que definiu uma sanção de duas partidas ao ídolo alvinegro. Um auditor chegou a pedir punição de apenas um jogo e que ela fosse convertida para apenas uma advertência.

Pesou a favor de Jô a falta de imagens mais conclusivas para a análise do lance. Segundo os auditores, não fica claro que o atacante desferiu um soco em Diego Costa. Além disso, foi considerado na atribuição dessa pena o fato de o corintiano não ser reincidente nem ter um passado que o condene.

Com a sanção de dois jogos, Jô vai desfalcar o Corinthians nos duelos com o Bahia, na próxima quarta-feira, pela 11ª rodada do Brasileirão-2020, e no dia 23 de setembro (quarta-feira da próxima semana), diante do Sport, fora de casa, pela 12ª rodada. Diante do desfalque de Boselli, por lesão, Dyego Coelho pode não ter centroavantes de ofício para escalar nessas duas partidas que virão.

 

Veja também:

Editor do L! analisa os destaques e decepções do primeiro turno do Brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade