0

St-Pierre especula razão de Dana White ter cancelado superluta

Ex-campeão dos meio-médios acha que dirigente deu declaração de cabeça quente

12 mai 2017
16h05
  • separator
  • comentários

Depois do anúncio do presidente Dana White de que a superluta entre Georges Saint-Pierre e Michael Bisping não vai mais acontecer, o astro canadense não cria grandes lamentações a respeito da declaração do presidente do UFC. Segundo ele, ainda há uma chance da luta acontecer.

Em entrevista ao site MMA Fighting, St-Pierre sugere que a declaração do presidente do UFC pode ter sido ou uma estratégia de negociação ou simplesmente um momento emocional do mandatário.

- Quero enfrentar Bisping e acho que Bisping quer me enfrentar. Acabei de saber das notícias. Não sei o que dizer. Deve ser uma resposta emotiva de Dana ou talvez seja para colocar pressão em mim. Nesse esporte, quando um lutador tem uma oportunidade, isso sempre deixa mais lutadores infelizes do que felizes. É a natureza do esporte individual. Já passei por isso - avaliou o ex-campeão dos meio-médios.

Dana White disse ter desistido de promover a superluta depois que nomes como Anderson Silva e Luke Rockhold falaram publicamente sobre o incômodo de ter a categoria dos médios "travada" por conta da demora para a superluta entre GSP e Bisping acontecer.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade